Esportes Donos de franquias da NBA votam pela manutenção do torneio 'play-in' em 2021-2022

Donos de franquias da NBA votam pela manutenção do torneio 'play-in' em 2021-2022

Motivo de críticas e de elogios na última temporada, encerrada na semana passada com o título do Milwaukee Bucks, o torneio "play-in" teve a sua continuidade confirmada pela NBA na noite desta terça-feira. Em nota oficial, a liga de basquete dos Estados Unidos informou que os donos aprovaram a proposta.

Especula-se que o torneio tenha sido muito positivo do ponto de vista financeiro nesta temporada. Em entrevista coletiva dada no começo do mês, o comissário da NBA, Adam Silver, falou que o torneio provavelmente veio para ficar. "No geral, o torneio foi bem positivo para a liga e para os jogadores", disse à época.

Além disso, a NBA também confirmou que o formato será o mesmo da temporada 2020-2021: o sétimo enfrenta o oitavo para definir quem fica com a sétima vaga, enquanto que o nono enfrenta o 10.º colocado e o vencedor joga contra o derrotado da outra partida pela oitava vaga. Isso em cada uma das duas conferências - Leste e Oeste.

O "play-in" acontecerá de 12 a 15 de abril. Os playoffs começam um dia depois e as finais estão marcadas para iniciarem no dia 2 de junho, sendo 19 do mesmo mês a data para o possível jogo 7. O Draft de 2022 ocorrerá no dia 23 de junho.

A novidade foi bastante discutida durante a temporada. LeBron James, astro do Los Angeles Lakers, chegou a dizer que o responsável pela criação do "play-in" "merece ser demitido".

Últimas