Direção do Liverpool se diz decepcionada com festa da torcida após pedidos

Em comunicado incomum, a direção do Liverpool lamentou e até se disse decepcionada pela festa feita pela torcida entre esta quarta e quinta-feira, após o time receber oficialmente o troféu pelo título do Campeonato Inglês. A reação do clube se deve aos pedidos insistentes aos fãs para que evitassem aglomerações em meio à pandemia do novo coronavírus.

Com o título confirmado a sete rodadas do fim do campeonato, o Liverpool já sabia de antemão que receberia o troféu em cerimônia discreta no Anfield nesta quarta, após a partida contra o Chelsea - venceu o rival londrino por 5 a 3, pela penúltima rodada do Inglês. Por isso, pediu aos torcedores para que comemorassem em suas casas.

"O Liverpool gostaria de agradecer aos torcedores que ficaram em casa para celebrar o troféu que levantamos na noite passada, protegendo seus entes mais queridos e nossa cidade da atual ameaça da pandemia. Entretanto, estamos decepcionados com as cenas fora do Anfield porque alguns torcedores não celebraram a conquista em suas casas, com pedimos."

Como o jogo contra o Chelsea foi disputado com os portões fechados, como vem sendo o hábito na retomada do futebol europeu, os torcedores se concentraram nos arredores do estádio. De acordo com a polícia local, cerca de 3 mil fãs estiveram no local, com cânticos, fogos de artifício e sinalizadores. As autoridades prenderam ao menos nove pessoas por conta de brigas e consumo de álcool ao volante.

O Liverpool soma 96 pontos, com ampla folga sobre o vice-líder Manchester City, dono de 78 pontos. Apesar disso, o time de Jürgen Klopp não poderá bater o recorde de 100 pontos, que pertence ao rival. Na última rodada, o adversário será o Newcastle, fora de casa, no domingo.