Esportes Direção do Internacional mantém Ramírez, mas reavaliará trabalho após eliminação

Direção do Internacional mantém Ramírez, mas reavaliará trabalho após eliminação

Agência Estado - Esportes

Mesmo após a eliminação na terceira fase da Copa do Brasil com uma derrota em casa para o Vitória, o presidente do Internacional, Alessandro Barcellos, garantiu a manutenção do treinador espanhol Miguel Ángel Ramírez. Ainda assim, o dirigente salientou que será feita uma reavaliação da trajetória em uma reunião antes deste final de semana.

O presidente também citou a circunstância diferente diante da contaminação por covid-19, que inclusive afastou o treinador espanhol da partida de quinta-feira no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre.

"A comissão técnica do Internacional é composta pelo Miguel Ángel Ramírez. Ele está afastado. Qualquer correção de rumo, seja técnico, tático e até mental, passa pela direção, comissão técnica e atletas", comentou o presidente. "No que diz respeito aos resultados, ao desempenho, vamos tentar modificar algumas coisas", frisou.

Barcellos assumiu para a direção a responsabilidade. "Não planejamos estar aqui falando sobre uma eliminação. O que imaginamos foi diferente", lamentou. Ele citou, ainda, o pedido do atacante Taison, recém contratado, para se manifestar em nome do grupo. A direção avaliou como "importante" um posicionamento de um jogador.

Com as atenções voltadas agora para o Campeonato Brasileiro, o Internacional enfrenta o Bahia, neste domingo, às 20h30, no estádio de Pituaçu, em Salvador, pela terceira rodada. Nas duas anteriores, empate com o Sport por 2 a 2, em Porto Alegre, e derrota por goleada de 5 a 1 para o Fortaleza, no Ceará.

Últimas