Diego lamenta oportunidades perdidas pelo Flamengo no Castelão

Pensando no retorno da Copa Libertadores, que acontece neste meio de semana, o Flamengo entrou em campo com diversas novidades em sua formação titular, seguindo o rodízio aplicado pelo técnico Domènec Torrent. Bastante diferente, o time carioca acabou sendo derrotado pelo Ceará, pelo placar de 2 a 0, na Arena Castelão, e teve a sua reação freada após quatro vitórias seguidas.

O meio-campista Diego entrou no decorrer do segundo tempo no lugar de Thiago Maia, quando o Flamengo já vinha perdendo por 2 a 0. Os dois gols do jogo foram marcados nos dez primeiros minutos da segunda etapa.

O experiente jogador foi sucinto nas palavras para tentar explicar a derrota. "Se aproveitássemos as oportunidades que criamos e não tivéssemos a desatenção na bola parada... Isso definiu o jogo. O primeiro gol foi uma desatenção geral. Não pode acontecer", apontou Diego, em entrevista logo na saída do gramado.

Com 17 pontos, na quarta colocação do Brasileirão, o Flamengo "vira a chave" e agora foca na Libertadores, com dois jogos previstos nas próximas semanas. Na quinta-feira (17), o time carioca encara o Independiente del Valle e na terça-feira (22) pega o Barcelona de Guayaquill. Os dois jogos serão disputados no Equador.