Diamond League cancela 3 etapas e anuncia calendário reduzido para este ano

Principal circuito de competições de atletismo do mundo, a Diamond League anunciou nesta terça-feira um calendário atualizado e reduzido para a temporada 2020. A organização da prova cancelou três etapas, uma delas em Londres, em razão da pandemia do novo coronavírus.

No total, a tradicional competição terá 11 etapas, a partir de agosto. Neste mês, as disputas serão em Mônaco (dia 14), Gateshead, Inglaterra, (16) e Estocolmo (23). Em setembro, será a vez de Lausanne (2), Bruxelas (4), Paris (6), Roma/Nápoles (17) e Xangai (19) receberem uma etapa.

A temporada 2020 será estendida até outubro, com mais três etapas: Eugene, EUA, (4), Doha (9), e mais uma disputa na China, no dia 17, em local ainda a ser definido.

As sedes que ficaram de fora do calendário revisado são Rabat (Marrocos), marcada originalmente para 31 de maio; Londres, que seria 4 de julho; e Zurique, que sediaria a grande final da Diamond League entre 9 e 11 de setembro.

"A incerteza sobre futuras restrições governamentais em diferentes países exige flexibilidade e adaptabilidade, reunindo organizadores para planejar, organizar e oferecer oportunidades de concorrência para atletas. Os organizadores de cada etapa revisarão e anunciarão as disciplinas da modalidade que estarão incluídas em seu programa dois meses antes do evento para que possam trabalhar com as condições estabelecidas pelos seus governos", anunciou a organização da Diamond League.

Uma das principais mudanças na atual temporada é a ausência de uma final, que seria disputada em Zurique, em três dias de competição. Neste ano, não haverá a final porque a organização decidiu vetar o sistema de pontos, que premia cada atleta a cada etapa, em busca da premiação final.

"A temporada 2020 da Diamond League não será estruturada com uma série de eventos que leva a uma final, como geralmente acontece. Devido às discrepâncias atuais nos treinos e nas oportunidades de viagem, seria impossível garantir um nível justo de disputa para uma sistema de classificação ao longo deste ano", justificou a organização.

Em razão destas mudanças, a Diamond League decidiu garantiu à cidade de Zurique, que sediaria a final deste ano, o direito de receber esta mesma disputa em 2021 e também em 2022. Eugene, que sediaria a final em 2022, aceitou receber a importante etapa em 2023.