Esportes Desembarque do Flu tem briga de torcedores com seguranças do clube

Desembarque do Flu tem briga de torcedores com seguranças do clube

Poucas horas após ser eliminado na fase preliminar da Copa Libertadores, o Fluminense desembarcou no Rio de Janeiro sob certo tumulto na manhã desta quinta-feira, no aeroporto do Galeão. Cerca de 20 torcedores, que esperavam pelo time, entraram em confronto com seguranças do clube.

O principal alvo da torcida era o presidente do Flu, Mário Bittencourt, que saiu escoltado por seguranças, sem contato com os torcedores. Somente o técnico Abel Braga e o volante Felipe Melo chegaram a conversar com alguns torcedores, por poucos minutos, na tentativa de acalmá-los.

A confusão começou antes mesmo do desembarque, quando os fãs do time tentaram se aproximar da área de desembarque e os seguranças tentaram conter o avanço, já temendo excessos por parte da torcida. Alguns chegaram a invadir áreas proibidas do aeroporto, causando a briga, com trocas de socos por ambas as partes.

A maior insatisfação da torcida era com o investimento do clube para a disputa da Libertadores, maior prioridade do clube na temporada. O time carioca foi eliminado ainda na fase preliminar e agora vai disputar a Copa Sul-Americana.

A queda veio com derrota para o Olimpia por 2 a 0, com gol nos minutos finais. O placar levou o confronto para os pênaltis, quando o Flu falhou em duas cobranças e acabou sendo eliminado.

Depois da queda, o time carioca volta a campo pelo Campeonato Carioca na segunda-feira, dia 21. O Flu enfrentará o Botafogo, no Engenhão, pela partida de ida das semifinais. Em caso de empate nos dois confrontos, o time de Abel Braga tem a vantagem para avançar à final.

Últimas