Decisivo e com lesão de Patrick, Boschilia pode ser titular no Inter em clássico

A atuação decisiva no jogo que classificou o Internacional para a terceira fase preliminar da Copa Libertadores e a lesão de Patrick podem levar Gabriel Boschilia a ser escalado na equipe para o clássico contra o Grêmio, sábado, pelas semifinais do primeiro turno do Campeonato Gaúcho, no Beira-Rio.

Essa possibilidade foi indicada pelo técnico Eduardo Coudet após o triunfo por 2 a 0 sobre a Universidad de Chile, na noite de terça-feira, em casa. Logo no começo da partida, aos 13 minutos do primeiro tempo, o treinador perdeu Patrick, lesionado, e acionou Boschilia.

O meia-atacante atuou aberto pela esquerda e marcou o primeiro gol do triunfo do Inter, no fim da primeira etapa. Pela sua boa atuação e também pelo pouco tempo para a recuperação de Patrick, com um problema muscular na costela, poderá ser escalado por Coudet.

"Boschilia pode fazer esta função (do Patrick). O colocamos para jogar após dois dias em Porto Alegre. Ele teve a vantagem de vir em competição. Tinha jogado no Monaco e pode cumprir tranquilamente a função de Patrick", afirmou o treinador, que ainda espera a evolução do Inter na sequência da Libertadores.

"Uma partida difícil, como todas da Libertadores, diante de um rival duro. O primeiro gol nos tranquilizou um pouco. Criamos todas as jogadas de gol. Seguramente melhoraremos o jogo, a circulação, mas a classificação é importante", disse.

O Tolima será o próximo adversário do Inter na Libertadores após derrotar, em casa, o Macará por 1 a 0, na noite de terça, no jogo de volta da segunda fase preliminar da Libertadores. O time colombiano também havia triunfado no duelo de ida, disputado no Equador, por 1 a 0. As datas dos confrontos ainda serão definidas pela Conmebol, mas o time gaúcho decidirá a série em casa e estão reservados os dois próximos meios de semana para os jogos.

O clube que se classificar entrará no Grupo E da Libertadores, que já conta com Grêmio, Universidad Católica e América de Cali.