Esportes De olho no Aberto da Austrália, Muguruza estreia na temporada vencendo em Sydney

De olho no Aberto da Austrália, Muguruza estreia na temporada vencendo em Sydney

Após fechar o ano de 2021 conquistando o título do WTA Finals, a espanhola Garbiñe Muguruza abriu a nova temporada nesta quarta-feira com mais uma vitória. Cabeça de chave número 2 no WTA 500 de Sydney, na Austrália, ela despachou a russa Ekaterina Alexandrova em sets diretos, gastando pouco menos de 1 hora e 30 minutos para anotar as parciais de 6/1 e 7/6 (7/4).

Entrando direto na segunda rodada do torneio, com vitória na estreia, Muguruza, atual número 3 do mundo, já se garantiu nas quartas de final e terá pela frente a russa Daria Kasatkina, que venceu a belga Elise Mertens também em sets diretos, com placar final de 6/3 e 6/4.

Quem ainda não conseguiu engrenar na temporada é a checa Petra Kvitova, que após cair na estreia em Adelaide, na semana passada, agora não passou da segunda rodada. Sua algoz foi a tunisiana Ons Jabeur, que vive melhor momento que a rival no circuito da WTA e conseguiu triunfar por 2 sets a 0, com um duplo 6/4.

Nas quartas de final, a tunisiana, sétima pré-classificada, medirá forças com a estoniana Anett Kontaveit, que fez valer a condição de quarta favorita e derrubou a quali romena Elena-Gabriela Ruse com o placar final de 6/3 e 6/1.

Em outro torneio nesta semana que serve de preparação para o Aberto da Austrália, as americanas tiveram uma excelente rodada nesta quarta-feira pelo WTA 250 de Adelaide. Todas as cinco tenistas do país que estiveram em quadra venceram seus jogos e garantiram vagas nas quartas de final. O destaque fica para a jovem Coco Gauff, já número 19 do mundo aos 17 anos, que chega com status de favorita à fase decisiva do torneio e segue em busca de seu terceiro título na elite.

Gauff já é a jogadora de melhor ranking entre as que estão nas quartas, mas teve trabalho para superar o seu segundo compromisso no torneio. Ela venceu um duelo da nova geração contra a ucraniana Marta Kostyuk, também de 19 anos e 50.ª do ranking, por 6/3, 5/7 e 6/3. Enfrenta nas quartas a croata Ana Konjuh, que bateu a checa Marketa Vondrousova por 4/6, 6/2 e 7/6 (7/3).

Apesar da pouca idade, Gauff já pensa em ajustes para a nova temporada e no que precisa trabalhar, especialmente no lado mental do jogo e quer evitar distrações extraquadra. "Sou sempre o tipo de pessoa que nunca está satisfeita, sempre quero melhorar e estar com fome. Quando ganho um torneio, já começo a pensar no próximo. Mas às vezes eu tento dar um passo para trás e aproveitar as coisas que conquistei. Isso é algo em que tenho trabalhado, e é algo que as pessoas me dizem que preciso trabalhar", disse.

"Eu diria que estou indo muito bem, mas obviamente quero fazer melhor. E farei melhor. Preciso de menos tempo no TikTok. Não sei exatamente o meu tempo de tela, mas diria, com certeza, que são pelo menos duas a três horas por dia. Tenho que trabalhar nisso", acrescentou a jovem tenista.

Com mais tranquilidade avançou Madison Keys, ex-Top 10 e atual 87.ª do mundo. Ela passou pela checa Tereza Martincova por 6/1 e 6/3. Sua próxima adversária é a russa Liudmila Samsonova, cabeça 8 do torneio e 39.ª do ranking, que bateu a espanhola Nuria Parrizas Diaz por 6/2 e 6/1.

Últimas