Esportes Cumprindo tabela, Botafogo visita o Goiás sob olhares e torcida dos ameaçados

Cumprindo tabela, Botafogo visita o Goiás sob olhares e torcida dos ameaçados

Rebaixado e sem chances até de deixar a lanterna do Brasileirão, o Botafogo apenas cumpre tabela nas três últimas rodadas. Mas a visita ao Goiás, às 17 horas, no estádio da Serrinha, vale muito para equipes que lutam pela permanência na elite com os goianos. Torcedores de Vasco, Bahia, Sport, Fortaleza e Vasco engrossam o coro por um triunfo ou empate dos visitantes.

Mais uma vez comandado pelo interino Lúcio Flávio, o Botafogo, que já vinha utilizando diversos meninos da base, jogará ainda mais desfalcado, com as ausências de Zé Wellison e Romildo por lesão.

O jovem meia fraturou a mão na goleada sofrida pelo Grêmio, na segunda-feira, por 5 a 2, enquanto o volante teve uma entorse no tornozelo esquerdo. Kayque e Luiz Otávio são os substitutos em Goiânia. O experiente Cícero, de saída do clube, é outra baixa.

Victor Luís sente dores musculares e é pouco provável que se recupere a tempo, abrindo espaço para Hugo na lateral-esquerda. Assim como o goleiro Diego Cavalieri.

Os garotos do Botafogo tentam provar à diretoria que podem figurar no futuro elenco remodelado para o Campeonato Carioca e, sobretudo, à disputa da Série B. Já atuaram nas duas últimas jornadas e ainda têm mais três confrontos pela frente para se firmarem.

O Botafogo terá pouca receita para a reconstrução do elenco e os jovens formados nas categorias de base surgem como "salvadores da pátria". Têm boa chance diante de um rival que luta para escapar da degola e vem jogando as últimas fichas nessa fuga.

Certamente o Botafogo será bastante atacado e sua defesa terá de mostrar força após 17 jogos seguidos sendo vazada. São 36 gols sofridos no período. Há mais de três meses que os cariocas não terminam um jogo sem levar ao menos um gol. Desde o 0 a 0 com o Cuiabá, dia 3 de novembro, pela Copa do Brasil.

Últimas