Esportes Corinthians vai a Salvador encarar Bahia na tentativa de encerrar tabu e má fase

Corinthians vai a Salvador encarar Bahia na tentativa de encerrar tabu e má fase

Não bastasse o péssimo momento na temporada, o Corinthians terá também de superar um tabu para se reerguer no Campeonato Brasileiro. O time visita o Bahia neste domingo, às 16h, pela quinta rodada do torneio e tentará encerrar uma série de quatro derrotas seguidas quando enfrenta o rival em Salvador.

O tropeço mais recente foi em janeiro, válido pelo Brasileirão 2020, com derrota por 2 a 1. Antes, perdeu por 3 a 2 (2019), 1 a 0 (2018) e 2 a 0 (2017). Como o Bahia estava na Série B em 2015 e 2016, a última vitória do Corinthians aconteceu em 2014.

Na época, o time alvinegro tinha um elenco de dar saudade com Danilo, Guerrero, Renato Augusto, Jadson, Ralf e Elias. A zaga daquela equipe, curiosamente, é bem semelhante a atual, com Cássio, Fagner, Gil e Fabio Santos. Os quatro devem começar como titular e João Victor completa o setor.

O meia-atacante Luan e o atacante Gustavo Mosquito vão desfalcar a equipe. Na sexta-feira Gustavo foi liberado do treino para ir ao enterro do pai, que morreu vítima de covid-19. A baixa de Luan foi de última hora. Após o treino de sábado, ele foi vetado por conta de uma tendinite no adutor da coxa direita.

Quem também ficará de fora da lista de relacionados é Léo Natel, que sofreu luxação no ombro na derrota para o Red Bull Bragantino por 2 a 1 na última quarta-feira.

Recuperado de uma lesão na panturrilha esquerda, Jô voltou aos treinos durante a semana e está novamente à disposição do técnico Sylvinho. A tendência é que fique no banco de reservas. A formação ofensiva deve contar com Ramiro aberto pela direita, Luan centralizado e Mateus Vital na esquerda.

Já o Bahia vem de vitória sobre o Ceará, mas jogará com o sinal de alerta ligado para evitar tropeços, como o que aconteceu diante do Internacional. Na ocasião, o Bahia vinha embalado pela vitória de 3 a 0 sobre o Santos e o empate fora de casa por 3 a 3 com o Red Bull Bragantino e encararia o pressionado Inter, que estava em crise. No final, o time gaúcho saiu vitorioso, por 1 a 0, no domingo passado. É o mesmo enredo diante do time paulista. O Bahia chega para a partida depois de um bom resultado e encara um adversário em crise.

Para evitar, o mesmo desfecho, o técnico Dado Cavalcanti quer em campo um time eficiente e consistente em campo, assim como no jogo contra o Ceará. "Respeito máximo ao Corinthians e atenção redobrada. O jogo contra o Internacional serve de alerta. Vamos encarar o jogo de igual para igual e ser inteligente na hora do enfrentamento", avisa o técnico.

O retrospecto também joga a favor do Bahia. O time baiano venceu os últimos quatro jogos que recebeu o Corinthians em Salvador - as quatro partidas foram na Arena Fonte Nova. O duelo desta tarde acontecerá em Pituaçu. A última vitória corintiana foi em 2014, no Brasileirão, por 2 a 1.

Com cansaço muscular, o zagueiro Conti e o meia Rodriguinho foram vetados contra o Ceará, mas voltam contra o Corinthians. Luiz Otávio e Thonny Anderson deixam o time titular. Outra mudança é a saída de Jonas e o retorno de Patrick de Lucca. Com estiramento muscular, o meia Matheus Galdezani segue de fora.

Últimas