Esportes Corinthians cai em grupo com San Lorenzo e Nacional-URU na Libertadores feminina

Corinthians cai em grupo com San Lorenzo e Nacional-URU na Libertadores feminina

A Conmebol sorteou nesta sexta-feira à tarde os grupos para a Copa Libertadores feminina. Corinthians, Ferroviária e Avaí Kindermann serão os representantes do País. O time da capital caiu em chave com os tradicionais San Lorenzo, da Argentina, e Nacional, do Uruguai, além de um representante do Paraguai.

A competição ocorre entre os dias 3 e 18 no Paraguai, até as semifinais, com a decisão marcada para o Uruguai, no dia 21. Dono de dois títulos da Libertadores, o Corinthians tentará se redimir de edição passada, na qual fez ótima campanha, mas acabou eliminado invicto, nos pênaltis, diante da América de Cali.

Vice-campeãs após perderem a final para a Ferroviária, a equipe colombiana não estará neste edição. Os representantes do País são Deportivo Cali e Independiente Santa Fé. Atuais campeãs, a equipe de Araraquara terá o time de Santa Fé no caminho do bicampeonato, além de Deportivo Cuenca, do Equador, e outro representante do Paraguai.

As catarinenses, vice-campeãs brasileiras ao perderem a final de 2020 para o Corinthians, já sabem as três oponentes que terão pela frente no Grupo B. Enfrentam Cerro Porteño, do Paraguai, Santiago Morning, do Chile, e Yaracuyanos, da Venezuela.

O único grupo sem representantes brasileiros é o C. Nele estão Deportivo Cali, Alianza Lima, do Peru, o representante da Bolívia ainda não definido e Universidade de Chile. A competição distribui aproximadamente R$ 450 mil ao campeão, com o segundo lugar embolsando R$ 263 mil e o terceiro levando para casa R$ !84 mil.

Últimas