Esportes Com problemas na defesa, Palmeiras busca embalo contra o América-MG

Com problemas na defesa, Palmeiras busca embalo contra o América-MG

Com problemas para montar a defesa, mas com a necessidade de buscar a segunda vitória seguida para iniciar uma arrancada no Campeonato Brasileiro, o Palmeiras recebe o América-MG neste domingo, às 11h, no Allianz Parque, pela quinta rodada, disposto a marcar uma nova fase no torneio. Com duas vitórias e um empate em quatro jogos, o time do técnico Abel Ferreira aposta num embalo que justifique sua condição de postulante ao título. E a vitória de 3 a 0, sobre o Juventude, pode ser um divisor de águas.

Após um primeiro semestre complicado, no qual acumulou três vice-campeonatos, e agravado pela eliminação precoce da equipe na Copa do Brasil, uma reação neste início de Brasileiro é mais do que necessária para dar mais confiança ao grupo.

"Conquistamos uma boa vitória fora de casa e diante de um time organizado. Isso tem que ser valorizado", afirmou o treinador do Palmeiras sobre o triunfo em Caxias do Sul.

O sistema defensivo é o setor que vem causando mais preocupação. E pelos mais variados motivos. Gustavo Gomez está disputando a Copa América pelo Paraguai, Alan Empereur deixou o clube e Luan ainda depende de uma avaliação para saber se jogo contra os mineiros. Diante desse quadro, a improvisação de Felipe Melo deve ser a solução para o treinador palmeirense colocar o time em campo.

O recuo do experiente volante já deu certo no ano passado. O jogador de 37 anos iniciou a temporada passada na defesa sob o comando de Luxemburgo e foi o capitão do time na campanha do título paulista de 2020. Como Kuscevic está voltando de lesão, a experiência de Felipe Melo seria uma boa opção para dar estabilidade à defesa.

A partida contra o Juventude acabou sendo um teste, de forma indireta para essa opção. "O Kuscevic não vinha jogando há muito tempo e o Felipe jogou muito bem quando foi recuado. Liderou a defesa e fez boas coberturas", afirmou o técnico Abel Ferreira.

Com Lucas Lima afastado por ter quebrado as regras de protocolo do clube, a tendência é que o treinador mande a campo um meio-campo com Zé Rafael, Gustavo Scarpa e Raphael Veiga.

Na frente, Abel vai poder contar com o retorno de Wesley, que contra o Juventude cumpriu suspensão. A ideia do treinador é explorar a velocidade e a troca de posição de seus de seus atacantes para furar a retranca mineira.

Já o América-MG espera mudar o seu roteiro na competição. O time anunciou Vagner Mancini como seu novo treinador no sábado, mas ele ainda não comandará a equipe neste domingo, embora deva estar nas tribunas do Allianz Parque, para acompanhar de perto o jogo contra o Palmeiras.

Quem estará no banco de reservas será o interino Cauan Almeida, que lidera o time após a demissão de Lisca. A equipe mineira sabe que a reação não pode ser tardia. Depois de três derrotas seguidas, o primeiro ponto veio na última rodada no empate contra o Cuiabá.

Diante do poderoso Palmeiras, ainda mais no Allianz, a estratégia vai ser um esquema cauteloso para explorar o oportunismo do atacante Ademir. Vice-lanterna do Brasileiro, o América-MG só está à frente do Grêmio na classificação.

Últimas