Esportes Com mudança tática, São Paulo estreia contra o Goiás para recuperar a confiança

Com mudança tática, São Paulo estreia contra o Goiás para recuperar a confiança

Pressionado pela eliminação nas quartas de final do Campeonato Paulista, o São Paulo vai mudar para a sua estreia no Brasileirão, com dois objetivos: dar uma resposta ao torcedor na partida deste domingo, no estádio da Serrinha, contra o Goiás, às 16 horas, e iniciar a busca pelo objetivo de arrancar bem na competição para dissipar o clima de crise, recuperando a confiança.

Sem ter fechado a chegada de reforços para a temporada, o São Paulo apostava em 2020 no entrosamento e na sequência do trabalho de Fernando Diniz, que chegou ao clube em setembro de 2019, para encerrar o jejum de títulos. A derrota para o Mirassol, porém, deixou a todos no time pressionados. "Doeu muito. Acho que tanto o torcedor como o jogador ainda estão sentindo muito. Agora temos pela frente o Brasileiro, pode ter certeza que vamos dar a vida", prometeu Arboleda.

O time, então, se concentrou no CT de Cotia, embora nem lá tenha conseguido escapar dos protestos da torcida, em sua preparação para o Brasileirão. E Diniz optou por realizar uma mudança na formação, que altera o posicionamento de jogadores e a formação tática para o duelo com o Goiás.

Um dos jogadores mais questionados pela torcida, Alexandre Pato deixou o time titular para a entrada de Liziero. Essa troca altera o companheiro de Tchê Tchê na dupla de volantes, dando mais liberdade a Daniel Alves, que atuará mais adiantado. Além disso, a formação deixa de ter três atacantes, com Pablo atuando menos aberto.

A inclusão de Liziero também tem a intenção de tornar o sistema defensivo mais seguro, um dos problemas apresentados pelo time na retomada das competições, com seis gols sofridos nos dois jogos que disputou com a formação titular, em derrotas para Red Bull Bragantino e Mirassol.

Vencer o Goiás é fundamental para o São Paulo evitar a ampliação da crise e iniciar uma arrancada por uma boa campanha no Brasileirão. E a tabela pode ajudar, pois os adversários seguintes serão times que não devem ser protagonistas na competição - Fortaleza, Vasco, Bahia e Sport serão os demais oponentes, antecedendo um clássico contra o Corinthians. "Tem que começar bem, se você começa ganhando pega confiança", avisou Arboleda.

Últimas