Esportes Com interino, Atlético-GO faz jogo decisivo contra Libertad na Sul-Americana

Com interino, Atlético-GO faz jogo decisivo contra Libertad na Sul-Americana

O auxiliar Eduardo Souza irá comandar o Atlético-GO em um dos jogos mais importantes do clube, até aqui, na temporada. Após o pedido de demissão de Jorginho Campos, ele terá a missão de dirigir o clube goiano contra o Libertad em jogo que valerá a liderança do Grupo F da Copa Sul-americana nesta quarta-feira, às 19h15, no estádio Antônio Accioly, em Goiânia, pela quinta e penúltima rodada da fase de grupos.

Ainda invicto, o Atlético empatou sem gols com o Palestino e caiu para a vice-liderança com oito pontos, um a menos do que o líder Libertad, algoz do Newell's Old Boys (1 a 0). Se vencer, o Atlético retomará a liderança. Apenas o primeiro colocado passa de fase. Ou seja, em caso de derrota, os brasileiros estarão eliminados.

Eduardo Souza não poderá contar com o volante Willian Maranhão, expulso na rodada passada. Gabriel Baralhas e André Lima brigam pela posição. O zagueiro Nathan Silva também poderia ser uma possibilidade, uma vez que já atuou na posição, mas o técnico interino rechaçou essa ideia.

"Temos uma lembrança muito boa do Nathan atuando como volante em 2019. Mas já no Coritiba ele atuou mais como zagueiro e vem muito bem. A gente entende que a manutenção dele na zaga com o Éder é importante, priorizamos a troca simples, mas dentro da partida temos essas opções, como usar o Nathan como volante", disse Eduardo Souza.

No Libertad, o técnico Daniel Garnero terá a volta do atacante Antonio Bareiro, que estava suspenso. O volante Daniel Bocanegra também está de volta. Ele tinha ficado de fora dos últimos jogos. Já Tacuara Cardozo, artilheiro do Libertad no Campeonato Paraguaio, está fora do time titular.

Últimas