Esportes Chance se torna pesadelo e Rafael vai passar por cirurgia no ombro no Atlético-MG

Chance se torna pesadelo e Rafael vai passar por cirurgia no ombro no Atlético-MG

O técnico Cuca promete rodar o elenco do Atlético-MG e avaliar todos os jogadores antes de fechar seus 11 titulares, apesar de vir mantendo uma base. Na última rodada da fase de classificação do Campeonato Mineiro, ele resolveu avaliar Rafael. A chance se tornou pesadelo para o goleiro, que se lesionou e vai passar por cirurgia no ombro, ficando até seis meses longe dos gramados.

"Após exames complementares, foi definido que o goleiro Rafael será submetido a cirurgia no ombro direito, em 12 de maio. Ele se lesionou na partida contra o Athletic, no último sábado, pelo Campeonato Mineiro", informou o Atlético-MG em suas redes sociais.

O goleiro teve um luxação no ombro durante a partida e acabou substituído por Matheus Mendes. Era apenas o 21° jogo do goleiro, que disputa a posição com Everson. Agora, ficará entre quatro e seis meses afastado em recuperação.

Neste sábado, o Atlético-MG abre as semifinais do Mineiro contra o Tombense, reeditando final do ano passado, e Everson terá mais "tranquilidade" para trabalhar. O goleiro vinha sofrendo pressão da torcida desde o Brasileirão após algumas falhas. Com a lesão de Rafael, fica sem sombra e tem tempo para dar a volta por cima em definitivo.

A pressão da torcida vai além do gol. E cresceu após algumas apresentações ruins por causa do alto investimento no clube. Alheio às críticas, o zagueiro Alonso garante que nada interfere no trabalho.

"A exigência é normal porque o clube investiu muito dinheiro para contratar jogadores e todo mundo espera que ganhemos muitas coisas", disse. "Nós procuramos ficar muito tranquilos, sabemos a realidade que não é porque temos grandes jogadores que vamos ganhar todas as partidas de 4 a 0, 5 a 0. Futebol não é assim, em um jogo de 11 contra 11 pode acontecer qualquer coisa", enfatizou Alonso.

Últimas