Esportes Ceni lamenta 'tabela ingrata' do São Paulo e jogo de Série A pela Copa do Brasil

Ceni lamenta 'tabela ingrata' do São Paulo e jogo de Série A pela Copa do Brasil

Após a derrota para o Flamengo por 3 a 1, no domingo, no Maracanã, o técnico Rogério Ceni reafirmou que vai continuar o rodízio de atletas do São Paulo pensando não só na partida de quarta-feira, diante do Juventude, pela Copa do Brasil, mas também na retomada do Campeonato Brasileiro, sábado, diante do Red Bull Bragantino. Os dois jogos serão fora de casa.

Ceni considera o jogo da Copa do Brasil como um confronto de "Série A". O sorteio do torneio definiu que os rivais paulistas vão enfrentar times menos tradicionais. O Corinthians, por exemplo, vai enfrentar a Portuguesa-RJ. Já o Palmeiras encara o Juazeirense.

"O rodízio (de atletas) vinha sendo feito em função de que teríamos jogos de três em três dias. O que foi ingrato foram os adversários que nós pegamos nas primeiras rodadas. Dos cinco primeiros jogos, são três fora de casa contra Flamengo, Bragantino e Fortaleza. São jogos difíceis. Entre eles, viagens longas, como a da Sul-Americana. Por isso, nós não vamos mudar o pensamento", afirmou o treinador em entrevista coletiva no Maracanã neste domingo.

Nos dois duelos da competição internacional, contra Ayacucho e Everton, o time tricolor entrou com time reserva. A estratégia deve se repetir na próxima semana, quando o time terá de administrar uma longa viagem para enfrentar o Jorge Wilstermann, da Bolívia, pela Copa Sul-Americana. O jogo será no dia 28.

"Vamos fazer o melhor time que nós tenhamos para enfrentar o Juventude. É uma competição importante financeiramente para o clube pelo momento que atravessa. Vamos fazer trocas para fazer um time equilibrado pensando também no jogo de sábado (Bragantino)", completou.

O São Paulo treina nesta segunda-feira e viaja na terça para o Sul. Após o jogo, a delegação retorna na quinta-feira para a capital paulista. Na sexta-feira, nova viagem para Bragança Paulista. "É difícil porque você tem de analisar os adversários e temos pouco tempo para treinar".

Últimas