Esportes Catar promete vacinar todo o paddock da MotoGP nos próximos dias

Catar promete vacinar todo o paddock da MotoGP nos próximos dias

O governo do Catar prometeu vacinar todos os pilotos, equipes e demais membros do paddock da MotoGP nos próximos dias. O objetivo é aumentar o nível de segurança da competição, que tem a pré-temporada e as duas primeiras corridas do ano sediadas no Circuito de Losail, na capital Doha.

"Para garantir a saúde e a segurança de todo o circuito, no Catar e no restante da temporada, o governo do Estado do Catar oferece à MotoGP acesso ao seu programa de vacinas", informou a direção da competição nesta quinta-feira. "Todos os participantes do campeonato, incluindo todos aqueles que trabalham e viajam com o paddock, terão a oportunidade de receber a vacina contra a covid-19."

A vacinação vai alcançar todas as categorias de acesso à MotoGP, como a Moto2 e a Moto3. E deve ser decisiva para evitar novos casos nas competições porque pilotos e equipes vão permanecer cinco semanas ao todo em Doha, em razão dos testes, que começaram no sábado, e das primeiras etapas do ano, marcadas para os dias 28 de março e 4 de abril.

Até agora, a MotoGP já registrou quatro casos de covid-19, incluindo o que levou Fausto Gresini à morte no fim do mês passado. O ex-piloto italiano era proprietário de equipe na competição. Antes deles, testaram positivo os pilotos Valentino Rossi, Fabio Quartararo e Iker Lecuona.

Últimas