Esportes Bruno Guimarães se oferece para jogar em qualquer posição no meio da seleção

Bruno Guimarães se oferece para jogar em qualquer posição no meio da seleção

Estreante na lista de convocados da seleção brasileira, Bruno Guimarães analisou o que precisa fazer para não sair mais do elenco comandado por Tite. Na avaliação do meio-campista, de 22 anos, não tem segredo: o caminho é apresentar um bom desempenho e encarar cada partida como se fosse de Copa do Mundo. Cotado para estar entre os titulares na estreia nas Eliminatórias Sul-Americanas diante da Bolívia, sexta-feira, às 21h30, na Neo Química Arena, o jogador mostrou personalidade e disse que se ofereceu para exercer qualquer papel no meio de campo.

"O caminho é o mesmo de todo mundo que está aqui, que é jogar bem, aparecer, ajudar. Jogar cada jogo das Eliminatórias como se fosse de Copa, entrar para ganhar. Sempre que o Brasil entra em campo é o favorito. Espero dar o melhor e levar o Brasil a mais uma Copa", avaliou o jogador do Lyon em entrevista coletiva nesta terça-feira, na Granja Comary, em Teresópolis.

Formado na base do Athletico-PR, Bruno Guimarães pode fazer sua estreia na seleção, mas já tem um histórico na equipe sub-23. Ele foi capitão do time no Pré-Olímpico da Colômbia, disputado em janeiro deste ano, e entende que essa experiência lhe ajudou a ser lembrado por Tite.

"Ajuda bastante ter jogado o Pré-Olímpico, você já se sente um pouco mais preparado. Mas é óbvio que tem a ansiedade pelo trote. Se o Tite optar por mim espero ajudar da melhor maneira possível", disse o meio-campista, que também revelou que já esperava ser convocado para a seleção principal em função de seu bom desempenho no Pré-Olímpico. "Fominha", ele planeja disputar a Olimpíada e o Mundial do Catar.

Bruno Guimarães se colocou à disposição do técnico Tite para atuar em qualquer função no meio de campo. A tendência é de que dispute uma vaga entre os titulares com Douglas Luiz para atuar próximo de Casemiro, mas disse que pode ser tanto o 5, atuando mais recuado, como o 8, participando mais da construção das jogadas, como fazia no Athletico-PR.

"Hoje deve ser o primeiro treino, mas como disse me sinto à vontade para exercer qualquer função no meio", adiantou. "Sou um cara que gosta muito de acompanhar meus jogos, ver o que errei, acertei, minimizar os erros. Vi alguns jogos da seleção, estando aqui é um pouco diferente. Sobre '5' ou '8' é como o professor preferir. Já joguei nas duas no Athletico-PR e no Lyon. É como ele quiser. Quero mostrar o meu trabalho para que isso possa ser frequente", reforçou o meio-campista.

Últimas