Esportes Bottas lidera dobradinha da Mercedes no fim da 1ª semana de testes em Barcelona

Bottas lidera dobradinha da Mercedes no fim da 1ª semana de testes em Barcelona

Foi encerrada nesta sexta-feira a primeira das duas semanas de pré-temporada da Fórmula 1 no circuito da Catalunha, em Barcelona. Em uma repetição do que aconteceu na quarta, a Mercedes foi soberana e fez os dois melhores tempos do dia. Mas desta vez com a ordem dos pilotos invertida com o finlandês Valtteri Bottas em primeiro e o inglês Lewis Hamilton logo atrás.

Com 1min15s732, Bottas impressionou e conquistou na sessão da manhã o melhor tempo de toda a semana de testes para a temporada de 2020 da Fórmula 1. O piloto da Finlândia abaixou em 1s2 a melhor marca até então que era do companheiro de Mercedes e hexacampeão mundial, obtida na quarta-feira. No final, Hamilton ainda conseguiu cravar 1min16s516 e ficou 0s8 atrás do colega de equipe.

Diferente da quinta-feira, quando as duas sessões tiveram tempos mais altos e os pilotos buscaram uma maior quilometragem com seus carros, nesta sexta aconteceram mais voltas mais rápidas e menos giros percorridos no total. Apenas o italiano Antonio Giovinazzi, da Alfa Romeo, e o canadense Lance Stroll, da Racing Point, completaram mais de 100 voltas ao longo do dia, com 152 e 115 respectivamente.

Stroll, aliás, ficou com o quatro melhor tempo desta sexta-feira. Fez 1min17s338 e ficou pouco abaixo do francês Esteban Ocon, que cravou 1min17s192 na mais rápida de suas 76 voltas. A quinta colocação foi do russo Daniil Kvyat, da Alpha Tauri (ex-Toro Rosso), com 1min17s427.

Na Red Bull, a maior preocupação dos pilotos nesta sexta-feira foi com o rendimento do carro. Pela manhã, o holandês Max Verstappen deu 86 voltas e o melhor que conseguiu foi 1min17s636, terminando o dia em oitavo lugar. Seu companheiro de equipe, o tailandês Alexander Albon, ficou em 10.º, já na casa de 1min18s (1min18s154).

Mais uma vez a Ferrari passou por problemas na pista. Começou a semana com a troca de pilotos de última hora na quarta-feira - o alemão Sebastian Vettel pegou uma forte gripe e, assim, o monegasco Charles Leclerc encarou as duas sessões - e terminou nesta sexta com o carro guiado pelo tetracampeão mundial tendo problemas no motor. No fim, ele foi apenas o 12.º mais rápido do dia, com a sua melhor volta sendo 1min18s384.

Os testes de pré-temporada da Fórmula 1 continuam na próxima semana, de quarta até sexta-feira, novamente no circuito da Catalunha. O campeonato começa no dia 15 de março com a realização do GP da Austrália, em Melbourne.

Últimas