Esportes Bia Haddad Maia mantém ascensão e encosta nas 120 primeiras do ranking da WTA

Bia Haddad Maia mantém ascensão e encosta nas 120 primeiras do ranking da WTA

A tenista brasileira Beatriz Haddad Maia continua subindo no ranking e nesta semana ganhou mais duas colocações na lista da WTA. A canhota de 25 anos grudou na faixa das 120 melhores do mundo, aparecendo na atualização divulgada nesta segunda-feira no 122.º lugar.

Nesta semana, Bia Haddad Maia disputa o WTA 125 de Columbus, nos Estados Unidos, e tenta continuar a sua escalada no ranking. A brasileira chegou a acumular 13 vitórias seguidas até parar na semi do W60 de Caldas da Rainha, em Portugal, e agora tenta somar mais pontos, podendo até chegar ao Top 100. Contudo, para voltar a figurar entre as 100 melhores do mundo, faixa que não ocupa desde setembro de 2019, precisa do título no torneio americano.

Campeã de Roland Garros, a checa Barbora Krejcikova enfim conseguiu entrar no Top 5 da WTA. A tenista de 25 anos debuta entre as cinco melhores do mundo nesta segunda-feira, aproveitando as quedas da japonesa Naomi Osaka e da americana Sofia Kenin para ganhar duas colocações e assumir a quinta posição.

Osaka seguiu na contramão de Krejcikova e saiu do Top 5 com as três posições perdidas, caindo da quinta para a oitava posição. Kenin teve uma queda bem mais leve, de apenas um lugar, e agora é a número 7 do mundo.

A polonesa Iga Swiatek, que faturou o Grand Slam francês no ano passado, foi outra beneficiada pelas quedas das rivais e herdou dois lugares no ranking da WTA. A tenista de apenas 20 anos ganhou duas colocações e aparece nesta segunda-feira no sexto posto, o mais alto da carreira até então.

Também sofreu queda a romena Simona Halep, que perdeu três posições nesta semana e agora é a número 14 do mundo. A suíça Belinda Bencic (11.ª), a grega Maria Sakkari (12.ª) e a russa Anastasia Pavlyuchenkova (13.ª) herdaram estas três colocações e cada uma melhorou um posto na WTA. Aiderabça segue com a australiana Ashleigh Barty.

Campeãs no último final de semana, Clara Tauson e Jasmine Paolini subiram bem no ranking e alcançaram as suas melhores colocações. A jovem dinamarquesa de apenas 18 anos ganhou 18 posições e agora é a 52.ª do mundo, enquanto que a italiana de 25 disparou 23 lugares e foi para o 64.º posto.

MASCULINO - A semana começou positiva para os dois brasileiros mais bem colocados no ranking da ATP. Tanto Thiago Monteiro quanto Thiago Wild ganharam dois lugares - o cearense agora é o 90.º do mundo e o paranaense subiu para o 128.º lugar. Contudo, os três seguintes na lista não tiveram a mesma sorte e amargaram quedas.

Terceiro melhor do país, o paulista Felipe Meligeni Alves desceu quatro colocações e foi para a 198.ª. O mineiro João Menezes teve queda mais acentuada e perdeu sete lugares, indo para o 230.º posto. Mas o pior dos três foi o gaúcho Orlando Luz, que perdeu 11 posições e agora é o 289.º do mundo.

Com a disputa de Copa Davis neste final de semana, não houve competições da ATP. Assim, a liderança segue com o sérvio Novak Djokovic, seguido pelo russo Daniil Medvedev.

Últimas