Esportes Bia Haddad conquista 5° título no ano, em Montreux, e dedica para Luisa Stefani

Bia Haddad conquista 5° título no ano, em Montreux, e dedica para Luisa Stefani

A tenista Bia Haddad segue acumulando troféus na temporada. Neste domingo, a brasileira somou sua quinta conquista no ano ao superar a britânica Francesca Jones, por 2 sets a 0 (6/4 e 6/3), na decisão do ITF 60 de Montreux, na Suíça. A 17ª taça da carreira foi dedicada à compatriota Luisa Stefani, que sempre a apoiou nos momentos difíceis e agora se recupera do rompimento dos ligamentos do joelho direito sofrido na semifinal do US Open.

"Essa é para você, Luisa. Sei que não era esse título que você queria para essa semana, mas nunca sabemos o dia do amanhã. Estamos sujeitos a qualquer coisa a qualquer momento. A vida é uma caixinha de surpresas e às vezes vamos do céu ao inferno em menos de um minuto", postou Haddad. "Não tem coisa pior do que parar. Parar, voltar. Parar e voltar. Parar pela 6ª vez e voltar. Foi assim que eu fiz, e se não tivesse passado por isso, não estaria com esse troféu na mão. E você vai tirar de letra esse jogo duro."

Bia revelou um papo com Luisa, no qual a amiga a fez refletir na carreira lembrando que ela estava saudável e tinha a oportunidade de fazer o melhor em quadra. Stefani deu palavras de apoio e agora também vive o outro lado após a lesão no joelho sofrida na inédita semifinal de US Open, na sexta-feira. Rompeu os ligamentos e ainda aguarda para saber se necessitará de cirurgia.

Bia Haddad está soberana em decisões em 2021. São cinco na temporada e triunfo em todas. Ao bater Francesca Jones na decisão deste domingo, ela somou a décima vitória seguida, pois já vinha de conquista no W60 de Collogne-Bellerive, na Suíça, há uma semana.

Bia foi muito superior na final de Montreux. Quando o placar marcava 2 a 2 no primeiro set, ela quebrou o saque da britânica e bastou confirmar os serviços para fechar a parcial em 6/4. No segundo, foi ainda mais arrasadora e abriu 5 a 1. Perdeu dois games seguidos, mas não desperdiçou nova chance de match point e garantiu a conquista com 6/3.

Com o resultado em Montreux, a brasileira deve ganhar 44 posições no ranking feminino, subindo da 174ª posição para a 130ª no ranking que será divulgado nesta segunda-feira. Ela tem meta pessoal de voltar ao Top 100.

Últimas