Esportes Barcelona anuncia que Lionel Messi não renovará contrato com o clube espanhol

Barcelona anuncia que Lionel Messi não renovará contrato com o clube espanhol

O craque argentino Lionel Messi não permanecerá no Barcelona para a próxima temporada. De forma surpreendente, o anúncio foi feito nesta quinta-feira pelo próprio clube espanhol, que justificou o adeus do astro por "obstáculos econômicos e estruturais" para que seja assinado um novo contrato. Poucos dias antes, o acerto de uma renovação estava muito perto, inclusive com o jogador aceitando uma redução salarial.

"Diante desta situação, Lionel Messi não seguirá ligado ao FC Barcelona. As duas partes lamentam profundamente que, no fim, não possam ser alcançados os desejos tanto do jogador, como do clube", informou a diretoria do Barcelona através de um comunicado oficial.

Nas últimas horas, jornais da Espanha noticiavam que a renovação estava próxima de ser oficializada, podendo acontecer dentro de 24 horas. No entanto, uma mudança repentina do craque argentino mudou toda a situação. Antes Messi parecia inclinado a reduzir salários e renovar por cinco temporadas com seu clube de formação, mas mudou de opinião.

Segundo o jornal Marca, o presidente Joan Laporta e os capitães do clube estão cientes do desejo do jogador, que se mostra irredutível com a saída. Além disso, a publicação cita o fracasso da negociação entre o Barcelona e o argentino Christian Romero, da Atalanta, como um dos fatores decisivos para a não permanência de Messi.

A diretoria do clube catalão tentava reduzir a sua folha salarial para renovar com o atacante e se manter no limite imposto pela La Liga, a empresa que organiza o Campeonato Espanhol. Para a próxima temporada, o argentino Sergio Agüero e o holandês Memphis Depay foram alguns dos que chegaram à equipe, enquanto que o dominicano Junior Firpo, o português Trincão e o brasileiro Matheus Fernandes entraram na lista dos que se despediram do Camp Nou.

No ano passado, Messi quase deixou o Barcelona. Em uma entrevista exclusiva ao site Goal, ele falou sobre o período que pensou em sair da Espanha e porque decidiu permanecer no Barcelona. Naquele momento, restava um ano em seu contrato e o jogador deixou claro à diretoria que queria sair.

"Quando comuniquei isto para minha esposa e meus filhos foi um drama bárbaro. Toda a família chorando, meus filhos não queriam sair de Barcelona ou mudar de colégio. Todo este tempo foi duro para todos. Sabia com clareza o que queria, já havia entendido e dito. Minha mulher, com a alma dolorida, me apoiava e acompanhava", disse.

Apesar da vontade de mudar de ares, o astro viu que seu papel como marido e pai vinham antes do atleta. Além disso, afirmou que não seria capaz de forçar uma saída do clube onde está desde os 13 anos. "Jamais iria à Justiça contra o clube da minha vida, por isso vou ficar no Barcelona".

Na última temporada com o Barcelona, Messi foi o artilheiro do Campeonato Espanhol e, ao todo, marcou 38 gols e deu 12 assistências em todas as competições. Na campanha da Copa América, em seu primeiro título coma seleção principal da Argentina, o camisa 10 balançou as redes por quatro vezes e deu cinco passes para gol.

Últimas