Automobilismo Bicampeão, Verstappen assombra com inúmeros recordes na F1

Bicampeão, Verstappen assombra com inúmeros recordes na F1

Piloto holandês conquistou segundo título consecutivo, mas, desde sua estreia, em 2015, tem quebrado marcas importantes

Verstappen conquistou o seu segundo título mundial de F1 faltando quatro etapas para o fim da temporada

Verstappen conquistou o seu segundo título mundial de F1 faltando quatro etapas para o fim da temporada

REUTERS/Issei Kato

Max Verstappen é um verdadeiro fenômeno do automobilismo. Bicampeão mundial de Fórmula 1 no último domingo (9), com a vitória no GP do Japão, o piloto da Red Bull parece já estar acostumado com a quebra de recordes na carreira.

Em 2015, o piloto holandês disputou pela primeira vez uma corrida da F1 e logo de cara quebrou o primeiro recorde da carreira. Naquela oportunidade, ele havia sido o mais jovem a começar uma corrida. De lá pra cá, não parou mais de distroçar marcantes importantes. 

Piloto mais jovem a iniciar uma corrida

Com menos de 18 anos, Verstappen foi selecionado pela Toro Rosso para ocupar uma das vagas da equipe, ao lado do espanhol Carlos Sainz Jr. O início da temporada de estreia do holandês aconteceu no dia 15 de março de 2015, no GP da Austrália.

Na data, Max tinha apenas 17 anos e 166 dias, e foi quebrou o recorde de piloto mais jovem da história da Fórmula 1 a iniciar uma corrida.

Troféu do bi foi levantado no GP do Japão, casa da Honda, parceira da Red Bull

Troféu do bi foi levantado no GP do Japão, casa da Honda, parceira da Red Bull

REUTERS/Kim Kyung-Hoon

Piloto mais jovem a marcar pontos

Na temporada de estreia, o piloto mostrou que tinha potencial para se tornar um campeão. No GP da Malásia, que era a segunda etapa do campeonato, o holandês marcou seus primeiros pontos na Fórmula 1. Após completar as 56 voltas, Verstappen garantiu a sétima colocação e conquistou seis pontos.  

Aos 17 anos e 180 dias, ele terminou a disputa atrás do brasileiro Felipe Massa e na frente do companheiro de equipe, Sainz. 

Christian Horner, Adrian Newey e conselheiro Helmut Marko comemoraram conquista

Christian Horner, Adrian Newey e conselheiro Helmut Marko comemoraram conquista

REUTERS/Kim Kyung-Hoon

Piloto mais jovem a vencer uma corrida e subir ao pódio

undefined

Sempre competitivo, a primeira vitória do holandês era questão de tempo. Na temporada de 2016, Verstappen disputou as quatro primeiras etapas pela Toro Rosso, mas a partir do GP da Espanha passou a ocupar o lugar de Daniil Kvyat, na Red Bull.

Na corrida de estreia pela escuderia austríaca, Max reivindicou sua primeira vitória na Fórmula 1 e se tornou o piloto mais jovem a subir no lugar mais alto do pódio. Com quase duas horas de prova, o piloto de 18 anos e 228 dias venceu a corrida. Neste dia, o piloto quebrou mais dois recordes: o pilot mais jovem a subir ao pódio e o piloto mais jovem a liderar uma volta.

Piloto mais jovem a fazer a volta mais rápida

Marcar a volta mais rápida na Fórmula 1 é sinônimo de ganhar mais pontos. Em 2016, no GP do Brasil, o penúltimo da temporada, Verstappen ficou em terceiro lugar e fez a volta mais rápida com 1min25seg305. 

A habilidade em guiar na chuva chamou a atenção dos mais saudosistas, uma vez que disputava a corrida na casa de Ayrton Senna.

Assim como no GP do Brasil em 2016, a largada do GP do Japão de 2022 foi adiada por conta da chuva forte

Assim como no GP do Brasil em 2016, a largada do GP do Japão de 2022 foi adiada por conta da chuva forte

REUTERS/Issei Kato

Piloto mais jovem a marcar um Grand Slam

Na temporada disputada de 2021, o piloto holandês não parou de quebrar recordes. No Grande Prêmio da Áustria, casa da Red Bull, Max Verstappen marcou seu primeiro Grand Slam.

Na Fórmula 1, para conquistar um Grand Slam é preciso cravar a pole position, liderar todas as voltas da corrida, marcar a volta mais rápida e vencer a disputa. Aos 23 anos e 277 dias, o holandês garantiu esse feito e entrou mais uma vez para a história.

Recorde de pódios em uma temporada

O primeiro título, reivindicado em 2021, foi conquistado por Max após muitas vitórias e diversas idas ao pódio. Na temporada do ano passado, o holandês se tornou o piloto que mais subiu ao pódio em uma temporada, que foram 18 vezes. Em 2022, Verstappen pode chegar novamente ao mesmo número de pódios. Ele já sbiu ao pódio 14 vezes e ainda restam quatro etapas para o fim da temporada. 

Hill, Fittipaldi, Alonso: bicampeão, Verstappen entra para lista seleta na Fórmula 1

Últimas