Esportes Atlético desafia retrospecto ruim como visitante para não ter vaga no G4 ameaçada

Atlético desafia retrospecto ruim como visitante para não ter vaga no G4 ameaçada

O Atlético Mineiro sempre foi visto como um candidato ao título do Campeonato Brasileiro, mas a dificuldade em conseguir uma série de vitórias o tem mantido distante de Internacional e Flamengo. Preocupado em ao menos não deixar escapar uma vaga na fase de grupos da próxima edição da Copa Libertadores, vai visitar nesta quarta-feira, às 21h30, o Fluminense, no Maracanã, pela 35ª rodada.

Há, afinal, razões para temor. O Atlético-MG é o terceiro colocado, com 60 pontos. E se está a seis do líder Inter, tem apenas dois a mais do que o quarto São Paulo, com um jogo a menos, e vantagem de quatro para o quinto Fluminense. Ou seja, uma derrota no Maracanã embolará a briga pelos últimos dois postos no G4.

Para evitar a possibilidade de aproximação do Fluminense, o Atlético-MG precisa melhorar o seu rendimento como visitante no Brasileirão. O time somou 18 pontos em 17 jogos disputados longe de Belo Horizonte, tem apenas a 12ª melhor campanha fora de casa, tendo perdido os últimos dois duelos disputados nessas condições, diante de Vasco e Goiás, times que brigam contra o rebaixamento.

Os resultados não só distanciaram o Atlético-MG da briga pelo título brasileiro como têm provocado cobranças sobre o trabalho de Jorge Sampaoli, que está com a sua permanência incerta para a temporada 2021 em função do interesse do Olympique de Marselha na sua contratação.

Com a intenção de superar a decepção pela derrota para o Goiás há uma semana, Sampaoli deve promover o retorno de Guga à lateral direita. No meio-campo, porém, o volante Jair está suspenso. Com isso, Alan Franco e Nathan disputam uma vaga para compor o trio do setor com Allan e Nathan.

No primeiro turno, o Fluminense foi um dos poucos times a tirar pontos do Atlético-MG no Mineirão, tendo arrancado empate por 1 a 1. Agora, então, a equipe alvinegra tentará dar o troco, antes de encarar, em ordem, Bahia, Sport e Palmeiras nas rodadas finais do Brasileirão.

"Temos de pensar em ganhar esses últimos quatro jogos e não ficar fazendo cálculos. Se der para brigar pelo título, vamos continuar sonhando porque tem chance ainda e vamos levar assim daqui para frente", afirmou o volante Allan.

Últimas