Esportes Árbitro inglês se ausentará de partidas da Premier League após ameaças de morte

Árbitro inglês se ausentará de partidas da Premier League após ameaças de morte

FUT-INGLES-JUIZ-AMEACADO:Árbitro inglês se ausentará de partidas da Premier League após ameaças de morte

Reuters - Esportes

(Reuters) - O árbitro Mike Dean decidiu não apitar nenhum jogo do Campeonato Inglês neste final de semana porque ele e sua família receberam ameaças de morte depois de punições recentes com cartões vermelhos que causaram polêmica, noticiou a mídia britânica nesta segunda-feira.

Dean foi criticado depois de expulsar Jan Bednarek, zagueiro do Southampton, durante a derrota de 9 x 0 para o Manchester United na terça-feira passada, e Tomas Soucek, meio-campista do West Ham United, durante o empate sem gols com o Fulham no sábado.

Bednarek foi expulso por interromper uma iniciativa individual de Anthony Martial, atacante do United, e Soucek por parecer ter acotovelado acidentalmente Aleksandar Mitrovic, atacante do Fulham, no rosto.

As duas decisões foram revertidas posteriormente por recursos dos clubes.

Mike Riley, chefe do organismo de arbitragem PGMOL, repudiou o assédio contra Dean.

"Ameaças e assédio desta natureza são totalmente inaceitáveis, e apoiamos totalmente a decisão de Mike de relatar estas mensagens que sua família recebeu à polícia", disse Riley.

"Ninguém deveria ser vítima de mensagens abomináveis como estas. O assédio online é inaceitável em qualquer profissão, e é preciso fazer mais para combater o problema".

Dean arbitrará a partida de quinta rodada do Leicester City contra o Brighton & Hove Albion em casa pela Copa da Inglaterra na quarta-feira, disse a rede BBC.

(Por Arvind Sriram, em Bengaluru)

Últimas