Esportes Apresentado, Dodô quer usar fim da temporada para recuperar ritmo no Atlético-MG

Apresentado, Dodô quer usar fim da temporada para recuperar ritmo no Atlético-MG

O período reservado para as rodadas finais do Campeonato Brasileiro serão importantes para o novo reforço do Atlético Mineiro. Sem poder ser utilizado pelo técnico Jorge Sampaoli, o lateral-esquerdo Dodô quer aproveitar o período como uma pré-temporada, após ficar sem atuar em 2020.

Dodô, de 29 anos, conseguiu se desvincular do Cruzeiro na Justiça, mas não atuou nesta temporada. Seu último jogo foi na rodada final do Campeonato Brasileiro de 2019, quando o seu ex-clube foi rebaixado. Assim, destacou a importância do trabalho que realizará nos próximos dias para ser aproveitado no início do Campeonato Mineiro, no fim de fevereiro.

"Essas primeiras semanas aqui vão ser muito importantes, serão minha pré-temporada, com a retomada do trabalho no campo. Importante também de já trabalhar com o time, apreender e entender os conceitos que o Sampaoli quer, também estar diretamente na preparação dos jogos do Brasileiro, mesmo não podendo jogar. O objetivo é esse, trabalhar essas semanas, e no inicio do Mineiro ganhar ritmo", disse.

O reforço atleticano explicou que não ficou completamente parado, trabalhando em casa. E garantiu que isso o ajudou a ter bons resultados nos testes físicos realizados na chegada ao Atlético-MG.

"Foi um período difícil, só do fato de não poder trabalhar em nenhum clube durante um ano já seria muito ruim. E a pandemia atrapalhou mais ainda. Mas consegui montar uma estrutura em casa para manter a forma. Os testes físicos que fiz no Atlético nesses primeiros dias foram muito bons. Mesmo com essas dificuldades de não trabalhar em um clube, o trabalho que eu fiz em casa foi importante para mim", afirmou.

Anunciado na última sexta-feira como reforço pelo Atlético-MG, Dodô assinou um contrato válido por três temporadas. Revelado pelo Corinthians, também passou por Bahia, Roma, Inter de Milão, Sampdoria e Santos, além do Cruzeiro.

Na sua apresentação, evitou comentar a possibilidade de o técnico Jorge Sampaoli trocar o clube pelo Olympique de Marselha. "Difícil para mim comentar essas especulações. Cheguei obviamente com aval dele, conversei com ele antes de chegar no Atlético. Com certeza, ele é parte importante do projeto. Espero que esse projeto seja um trabalho longo pela frente", comentou.

Últimas