Esportes Após ter empréstimo renovado, Benítez se declara ao Vasco: 'Um torcedor a mais'

Após ter empréstimo renovado, Benítez se declara ao Vasco: 'Um torcedor a mais'

Depois de ter seu contrato de empréstimo renovado com o Vasco até o fim de junho deste ano, o meio-campista Martín Benítez se declarou ao clube cruzmaltino. O argentino, de 26 anos, se mostrou contente em continuar no time carioca, que teve dificuldades para renovar o vínculo do atleta.

O jogador se reapresentou na última terça-feira, foi regularizado e pode enfrentar o Coritiba, sábado, em São Januário, às 21h (de Brasília), pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro. O ritmo de jogo, no entanto, é um problema, já que ele não atua há um mês.

"Estou muito feliz porque o Vasco te gera algo que você está dentro do Vasco. O Vasco te faz sentir algo que o torna um torcedor a mais do clube. Estava com muita vontade de voltar. O treinador me chamou, e estou muito agradecido a ele", declarou o meio-campista, em referência ao chamado de Vanderlei Luxemburgo.

Em 26 jogos pelo Vasco nesta temporada, Benítez marcou dois gols. Sua última atuação foi em dia 13 de dezembro, contra o Fluminense. O jogador demonstrou estar com "muita vontade de atuar", mas seu retorno aos gramados ainda deve levar mais um tempo.

"Estou muito feliz por tudo que fizeram pela volta, por todos os torcedores que me escreveram nas redes sociais. Estou preparado. Venho a somar e para dar o melhor ao Vasco. Nosso objetivo é dar o melhor e estar à disposição o mais rapidamente possível", afirmou.

Benítez assegurou que não queria sair do time cruzmaltino e explicou por que havia chorado em sua despedida, que acabou sendo breve depois que o Vasco chegou a um acordo com Independiente, da Argentina, para renovar o seu empréstimo.

"Fui triste porque o Vasco estava em momento muito difícil e sentia que não podia sair naquele momento. Sabia que não dependia de mim, então não queria abandonar o barco. Não era um momento fácil para todos. Fui embora com a sensação de que queria ficar até o fim para conseguirmos o objetivo que traçamos. Por isso estava triste e por isso estou muito feliz por voltar", ressaltou.

Ele contou que não treinou no período em que esteve na Argentina e reforçou ter sentido falta do vestiário. Agora, a missão é ajudar o Vasco a escapar do rebaixamento. A equipe treinada por Vanderlei Luxemburgo soma 32 pontos e no momento está na 15ª colocação, fora, portanto, da zona da degola.

"Todos sabem que jogamos um campeonato à parte, estamos em uma posição na qual não estamos tranquilos. Todos os jogos a partir de agora serão sempre finais. Vim para somar, para ser um a mais e para tratar de dar o melhor para o Vasco", concluiu o argentino.

Últimas