Após NBA, Fiba suspende toda as suas competições por surto de coronavírus

A Federação Internacional de Basquetebol (Fiba) anunciou nesta quinta-feira a suspensão de todas as suas competições por tempo indeterminado, em decisão que entra em vigor a partir desta sexta e foi tomada devido à pandemia de coronavírus. A NBA tomou a mesma medida na noite de quarta-feira, após Rudy Gobert, do Utah Jazz, testar positivo para o Covid-19.

A Fiba explicou que a decisão foi tomada "para proteger a saúde e a segurança de jogadores, treinadores, árbitros e torcedores." A decisão inclui torneios como a Liga dos Campeões da Fiba e a Copa Europeia da Fiba.

A determinação provoca incerteza sobre os torneios classificatórios do basquete no naipe masculino, que estão agendados para junho em Belgrado (Sérvia), Kaunas (Lituânia), Split (Croácia), onde a seleção brasileira está prevista para atuar, e Victoria (Canadá). O qualificatório feminino já está concluído.

Também nesta quinta, a Euroliga anunciou a suspensão de todos os jogos indefinidamente por causa do surto de coronavírus. A competição estava programada para realizar jogos da temporada regular em Moscou, Istambul, Madri e Tel-Aviv nesta quinta-feira.

A principal competição de basquete de clubes da Europa diz que tomou a decisão por causa do "aumento dos riscos para os participantes nos jogos, a grande quantidade de problemas em viagens que impossibilitem alcançar determinados destinos, e as recomendações das diferentes autoridades de saúde".

Na Espanha, o Real Madrid anunciou que um jogador da sua equipe de basquete testou positivo para o coronavírus e colocou os atletas da modalidade e do futebol em quarentena, pois eles dividam as instalações do clube.