Esportes Após golaço no Fla-Flu, Igor Julião faz protesto contra protocolo da CBF

Após golaço no Fla-Flu, Igor Julião faz protesto contra protocolo da CBF

O Maracanã recebeu mais um Fla-Flu neste domingo, sem a presença da torcida. Restou apenas aos torcedores tricolores verem as imagens do golaço de Igor Julião, aos 37 minutos do segundo tempo, que deu a vitória ao Fluminense pela contagem mínima.

Herói do dia, ele levantou o braço direito e exibiu o punho fechado, em sinal de protesto, na comemoração. Ao final do jogo, Julião explicou que aproveitou para desabafar e criticar a postura da CBF em relação a clubes e jogadores em termos do protocolo de segurança diante da pandemia de covid-19.

"É um protesto contra o protocolo falho que a CBF tem usado com a gente, fazendo os times viajarem em voos comuns o ano inteiro", afirmou. O certo, segundo ele, seria fretar aviões como fizeram os clubes de maior poder aquisitivo como Flamengo, Palmeiras e Red Bull Bragantino.

Sobre o gol e o jogo ele abriu o semblante para comentar. "Percebi que a defesa deles estava desatenta, vi o espaço e chutei forte. A bola acertou no alto", lembrou. "A gente soube sofrer. Na maior parte do jogo, o Flamengo foi melhor, criando muitas chances, mas nós não seguramos lá atrás. O que vale é a vitória, que é o mais importante", comentou o autor do golaço no Maracanã.

A vitória do Fluminense em cima do rival Flamengo, por 1 a 0, neste domingo à tarde, no Maracanã, pode significar o início de um caminho de vitórias para o time das Laranjeiras na Taça Guanabara. É o que pensa o zagueiro Matheus Ferraz, um dos jogadores experientes que reforçaram o time neste Fla-Flu.

"Fizemos o que era para fazer, porque viemos para ganhar. O time deles foi agressivo, mas soubemos nos defender e aproveitar a chance que tivemos lá na frente. Soubemos sofrer e o mais importante foi a vitória", comentou o defensor.

Últimas