Após derrota, Odair Hellmann volta a lamentar falta de atenção do Fluminense

O fato de o Fluminense não estar conseguindo sair na frente do placar vem incomodando o técnico Odair Hellmann. Isso havia acontecido nas primeiras três rodadas e se repetiu nesta quarta-feira, no interior paulista, na derrota para o Red Bull Bragantino, por 2 a 1.

"A gente conversou para entrar concentrado e tomou gol com poucos segundos. Bom que a equipe teve uma resposta muito rápida logo em seguida. Mas temos que sair na frente para o adversário se expor um pouco mais, sair da zona de conforto", disse Hellmann.

O problema é que o treinador não vai ter muito tempo para corrigir os erros apresentados pelo time. O Fluminense volta a campo já no sábado, contra o Athletico-PR, na Arena da Baixada. "O tempo que temos é esse para todo mundo, é ir para o campo, tentar corrigir, mostrar vídeo, conversa, no entrosamento jogo após jogo", comentou o treinador.

A partida desta quarta-feira marcou o retorno de Hellmann na beira do gramado, já que no último final de semana ele não pôde comandar o Fluminense contra o Internacional por estar com suspeita de ter contraído a covid-19.