Esportes Após casos no Chicago Bulls, Bucks e Lakers sofrem com surto de covid-19 na NBA

Após casos no Chicago Bulls, Bucks e Lakers sofrem com surto de covid-19 na NBA

Mais três franquias da NBA se mostram preocupadas por conta de problemas com a covid-19 em seus elencos, como aconteceu há alguns dias com o Chicago Bulls. Dessa vez, o atual campeão Milwaukee Bucks, Los Angeles Lakers e Brooklyn Nets passam por essa situação.

As últimas "vítimas" foram os atletas do time de Milwaukee. O astro grego Giannis Antetokounmpo, Wesley Matthews e Donte DiVincenzo entraram no protocolo de saúde e segurança da NBA contra a covid-19 e todos já foram confirmados fora do duelo contra o Indiana Pacers, nesta quarta-feira.

Essas ausências acontecem em um momento que os Bucks perderam Khris Middleton por uma lesão no joelho. O ala sofreu a contusão no jogo contra o Boston Celtics, na última segunda-feira, e tem prazo de retorno indefinido.

Na temporada, Antetokounmpo novamente se coloca entre um dos candidatos ao prêmio de MVP (melhor jogador) com médias de 27,6 pontos, 11,6 rebotes, 5,8 assistências, 1,6 tocos e 1,1 roubos de bola. Os Bucks venceram apenas um dos três jogos que disputou na temporada sem o grego.

Já a equipe da Califórnia cancelou um treinamento que estava marcado para terça-feira após Talen Horton-Tucker testar positivo para o novo coronavírus. O ala entra agora no protocolo de saúde e segurança da liga. Ele deve ficar de fora por 10 dias ou após apresentar dois testes negativos em menos de 24 horas. Vinha em um boa sequência e tinha acabado de ter uma excelente atuação contra o Orlando Magic, no último domingo, quando teve 19 pontos e impressionantes seis roubos de bola.

Toda a programação dos Lakers teve que ser remodelada. A equipe iria direto depois do treinamento para Dallas, onde farão a primeira de três partidas fora de casa pela temporada regular. O duelo se mantém, mas os californianos saíram mais tarde rumo ao Texas.

Muitos times na NBA estão passando por problemas neste momento por conta da covid-19. A liga teve que adiar jogos pela primeira vez na temporada. O Chicago Bulls teve 10 jogadores que testaram positivo e ficará fora de ação por algum tempo.

O Brooklyn Nets também está com o sinal de alerta aceso com cinco jogadores positivados. A franquia de Nova York anunciou que James Harden e Bruce Brown são os mais novos desfalques da equipe causados pelo vírus. Com isso, possui apenas oito jogadores ativos no elenco, que é o número mínimo exigido pela NBA. LaMarcus Aldridge, DeAndre Bembry, Paul Milsap e James Johnson são os outros nomes afastados pelo protocolo. Joe Harris também está indisponível, porém vem tratando de uma cirurgia no tornozelo.

Jogadores vacinados são colocados no protocolo de segurança após um teste positivo ou inconclusivo. Mesmo com a maior parte dos jogadores já imunizados, a liga toma todo o cuidado para evitar a propagação.

Últimas