Esportes Após baixas, Ceará deve ter formação inédita para cumprir tabela na última rodada

Após baixas, Ceará deve ter formação inédita para cumprir tabela na última rodada

Com a vaga na Copa Sul-Americana garantida e sem chances de rebaixamento, o Ceará entra em campo nesta quinta-feira pela 38.ª e última rodada do Brasileirão apenas para cumprir tabela. Em casa, na Arena Castelão, o time alvinegro recebe o já rebaixado Botafogo, às 21h30.

Para o duelo, o técnico Guto Ferreira irá mandar a campo uma formação inédita, recheada de jogadores considerados reservas. Afinal, sete atletas que vinham sendo titulares receberam férias antecipadas, enquanto outros quatro foram liberados e não fazem mais parto do elenco.

O meia Fernando Sobral, o volante Fabinho, os zagueiros Luiz Otávio e Tiago Pagnussat, o lateral Bruno Pacheco e o atacante Cléber receberam férias até o dia 8 de março. Destes, apenas o Pagnussat não tem presença confirmada em 2021 e deve ter uma reunião em breve com a diretoria para definir seu futuro.

Além deles, o goleiro Diogo Silva, o zagueiro Eduardo Brock, o lateral Samuel Xavier e o atacante Leandro Carvalho foram liberados e não fazem mais parte do elenco. Guto Ferreira vai dar chances a alguns jogadores vindos da base que, segundo ele, podem ajudar o clube na temporada.

Com 49 pontos e um retrospecto de 13 vitórias, dez empates e 14 derrotas, o Ceará aparece na 12.ª colocação na tabela.

Últimas