Esportes Aos 26 anos, goleiro de Camarões anuncia aposentadoria da seleção após atritos com treinador

Aos 26 anos, goleiro de Camarões anuncia aposentadoria da seleção após atritos com treinador

Onana foi afastado durante o Mundial; vídeo vazado mostrou declarações polêmicas do técnico sobre o arqueiro

Agência Estado - Esportes
Após ser cortado da seleção durante a Copa do Mundo, Onana anuncia aposentadoria da equipe nacional

Após ser cortado da seleção durante a Copa do Mundo, Onana anuncia aposentadoria da equipe nacional

Reprodução/Instagram/@andreonana.24

Um mês após ser dispensado pela seleção de Camarões, durante a disputa da Copa do Mundo do Catar, o goleiro Andre Onana anunciou nesta sexta-feira sua aposentadoria da equipe nacional. O jogador enfrentou dificuldades com o técnico Rigobert Song na preparação para o Mundial e no início da competição.

"Minha história com a seleção de Camarões chegou ao fim. Jogadores vêm e vão, nomes são passageiros, mas a seleção vem antes de qualquer pessoa ou jogador. Camarões permanece eterno, assim como o meu amor pelo nosso time", escreveu em suas redes sociais o goleiro de 26 anos.

Com a decisão, Onana fez sua despedida pela equipe africana logo na estreia na Copa, contra a Suíça, pelo Grupo G, o mesmo do Brasil. No total, ele disputou 34 partidas por sua seleção.

O jogador estava suspenso por "tempo indeterminado" da equipe desde que entrou em atrito com o treinador da equipe, no Catar. Na ocasião, a federação de futebol do país atribuiu a decisão à busca pela "coesão" do grupo.

A imprensa local, contudo, especula que Song queria um estilo mais tradicional, diferente do que Onana costuma fazer, jogando com os pés. Então titular absoluto da seleção africana, ele foi substituído por Devis Epassy, do Abha, da Arábia Saudita, no jogo seguinte de Camarões, contra os sérvios.

A mudança surpreendeu torcedores e a imprensa e deixou Onana insatisfeito, que até deixou de forma inesperada a concentração da equipe. Dias depois, a federação confirmou seu afastamento e suspensão temporária.

Na sequência, o goleiro se manifestou publicamente, sugerindo uma má vontade do treinador com o seu futebol. "Quero expressar meu afeto pelo meu país e pela seleção nacional. Ontem (segunda), não fui autorizado a estar em campo para ajudar Camarões, como sempre faço, a atingir os objetivos da equipe. Sempre me comportei de forma a levar o time ao sucesso de uma maneira positiva. Coloquei todos meus esforços e energia para encontrar uma solução para uma situação que um jogador frequentemente enfrenta, mas não houve vontade do outro lado", disse o goleiro.

Rigobert Song, por sua vez, insinuou que Onana estava sendo indisciplinado na seleção ao afirmar que todos os seus jogadores precisavam "mostrar disciplina e respeito".

Camarões acabou sendo eliminado da Copa ainda na fase de grupos. Mas não sem vitórias. Na última rodada, surpreendeu a equipe reserva do Brasil ao vencer por 1 a 0. Foi a primeira derrota da seleção brasileira para uma seleção africana em um Mundial.

Mbappé, Richarlison e outros: veja os gols mais bonitos desta Copa

Últimas