Esportes Ao contrário de Tyson e Jones, De La Hoya confirma retorno 'real' e desafia GGG

Ao contrário de Tyson e Jones, De La Hoya confirma retorno 'real' e desafia GGG

O ano de 2020 está repleto de coisas estranhas. O boxe não poderia ficar de fora. Uma delas foi o anúncio de Oscar De La Hoya, aos 47 anos, de que vai retornar aos ringues de forma oficial - ao contrário de Mike Tyson e Roy Jones Jr., que farão uma luta exibição neste sábado - no primeiro trimestre de 2021.

O campeão olímpico dos Jogos de Barcelona-1992 e 10 vezes campeão mundial revelou também que já abriu negociações com Gennady GGG Golovkin, dono do cinturão dos médios da Federação Internacional de Boxe.

GGG luta no próximo dia 18 contra o polonês Kamil Zreremeta, em Los Angeles, nos Estados Unidos, e pode aceitar a proposta. O boxeador casaque tem 38 anos e um cartel de 40 vitórias (35 nocautes), uma derrota e um empate.

Ex-campeão dos superpenas, leves, meio-médios-liogeiros, meio-médios, médios-ligeiros e médios, De La Hoya não luta desde 2008, quando perdeu para o filipino Manny Pacquiao. Ele soma 39 vitórias (30 nocautes) e seis derrotas.

Últimas