Esportes Anistia pede que Inglaterra siga Holanda e Alemanha em protesto contra Catar por obras da Copa

Anistia pede que Inglaterra siga Holanda e Alemanha em protesto contra Catar por obras da Copa

FUT-CATAR-ANISTIA-COPA-DO-MUNDO:Anistia pede que Inglaterra siga Holanda e Alemanha em protesto contra Catar por obras da Copa

Reuters - Esportes

(Reuters) - A Anistia Internacional disse nesta quarta-feira que espera que a Inglaterra se una a outros países protestando contra as condições de operários imigrantes no Catar em obras durante o período de preparação do país para realizar a Copa do Mundo de 2022.

Jogadores de Holanda, Alemanha e Noruega usaram camisas antes de jogos das eliminatórias da Copa nas quais expressaram preocupação com os direitos humanos no Catar, após uma reportagem do mês passado do jornal britânico Guardian segundo a qual ao menos 6.500 operários imigrantes morreram no Catar na década transcorrida desde que o país conquistou o direito de sediar o torneio.

Os organizadores da Copa do Mundo do Catar dizem que reformas de saúde e segurança adotadas desde a campanha para sediar o evento levaram a um declínio da mortalidade entre trabalhadores na última década. A assessoria de imprensa da organização do Mundial não respondeu de imediato a um email da Reuters com pedidos de comentários adicionais nesta quarta-feira.

"Os jogadores da Inglaterra serão guiados por suas próprias consciências, mas se acabarem seguindo o exemplo dos jogadores alemães, holandeses e noruegueses ficaríamos extremamente satisfeitos", disse Kate Allen, diretora da Anistia Internacional no Reino Unido, em comunicado à Reuters.

"É muito importante que a Fifa, a Associação de Futebol da Inglaterra (FA) e times e jogadores individuais usem sua influência para continuar pressionando as autoridades cataris a cumprirem as reformas trabalhistas prometidas".

(Por Arvind Sriram em Bengaluru)

Últimas