Esportes Andrey fala em vergonha na cara e solta palavrões após nova derrota do Vasco

Andrey fala em vergonha na cara e solta palavrões após nova derrota do Vasco

O volante Andrey ligou o modo "sincerão" após nova derrota do Vasco na Série B do Campeonato Brasileiro e desabafou sobre o atual momento do clube que, neste sábado, caiu diante do Operário-PR por 2 a 0, no estádio Germano Kruger, em Ponta Grossa (PR), em pleno aniversário de 123 anos.

"Sinceramente, eu, como cria do Vasco, aqui desde os cinco anos, tenho vergonha de vir aqui falar para os nossos 20 milhões de torcedores. Temos de ser duros com a gente mesmo. Não adianta esperar chegar ao fundo do poço para reagir. É duro. Tenho vergonha na cara. Me sinto desrespeitando a torcida do Vasco. Peço desculpas a todos. Temos de sentar a cabeça no travesseiro para mudar a chave", desabafou o jogador.

A terceira derrota seguida derrubou o Vasco para o 11.º lugar com 28 pontos, a cinco da zona de acesso, sendo que o quarto colocado, o CRB, ainda jogará na rodada. A crise dentro e fora de campo fez Andrey perder a cabeça e soltar palavrões para expressar seu descontentamento.

"Temos de ter senso que está uma m..., uma b... Se não mudar, vamos continuar na Série B. A pressão é enorme. O Vasco é gigante. Temos de reverter. O lugar do Vasco é na Série A. Sentimento de m... de estar aqui falando e desrespeitando a torcida do Vasco. Pode falar de mim, pode reclamar. Desculpa torcida, mas eu vou dar a cara. O Vasco não merece isso. Eu sou um representante da torcida em campo e vou junto com meus companheiros tentar mudar isso", completou.

Na 21.ª rodada, o Vasco jogará só no próximo dia 29, domingo, às 16 horas, contra a Ponte Preta, no estádio de São Januário, no Rio de Janeiro.

Últimas