Esportes Andrew Parsons será reeleito presidente do Comitê Paralímpico Internacional

Andrew Parsons será reeleito presidente do Comitê Paralímpico Internacional

O brasileiro Andrew Parsons será reeleito presidente do Comitê Paralímpico Internacional (IPC, na sigla em inglês), já que será o único candidato a se apresentar na Assembleia Geral do órgão, que acontecerá no dia 12 de dezembro, em Taiwan.

O dirigente, de 44 anos e nascido no Rio de Janeiro, exerce a liderança do IPC desde 2017. Desde então, o órgão realizou os Jogos Paralímpicos de Inverno de PyeongChang-2018, na Coreia do Sul, e os Jogos Paralímpicos de Tóquio-2020, no Japão.

Em agosto desde ano, Parsons destacou que sua principal linha de ação é "expandir o movimento paralímpico para todos os continentes, se aproximando dos diversos comitês e federações nacionais. O brasileiro ainda falou da necessidade da realização de programas de cooperação em países com menos recursos financeiros e

da assinatura de um acordo com o Comitê Olímpico Internacional (COI) para traçar um plano estratégico comum, pelo menos, válido até 2032.

Antes de assumir o IPC, Parsons foi presidente do Comitê Paralímpico das Américas, entre os anos 2005 e 2009, e do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), entre 2009 e 2017.

Outro candidato único a se apresentar na Assembleia Geral será o neozelandês Duane Kale, atual vice-presidente do órgão, que também concorrerá à reeleição.

Últimas