Esportes América-MG busca reação no Brasileirão contra Goiás após ganhar na Copa do Brasil

América-MG busca reação no Brasileirão contra Goiás após ganhar na Copa do Brasil

Com a importante vitória por 3 a 0 contra o Botafogo, na partida de ida das oitavas da Copa do Brasil, na última quinta-feira, o América-MG quebrou um jejum de cinco jogos sem vitórias e sem gols. Agora, o time mineiro tenta virar a chave para reagir no Campeonato Brasileiro, onde está na zona de rebaixamento, com 15 pontos. Neste domingo, às 18h, enfrenta o Goiás pela 15ª rodada, com objetivo de reagir na competição.

No Brasileirão, a última vitória mineira aconteceu no dia 4 de junho, pela nona rodada, quando bateu o Cuiabá por 2 a 1. De lá para cá, foram cinco jogos em jejum, com quatro derrotas: Ceará, São Paulo, Fortaleza e Flamengo, além do empate com o Fluminense. Em casa, o América tem três vitórias, dois empates e uma derrota.

O Goiás é o 14º colocado, com 17 pontos. Fora de casa, não tem bom aproveitamento, porque em sete jogos perdeu quatro, empatou uma e venceu duas. O time goiano está aliviado depois de vencer o Cuiabá por 1 a 0, em Goiânia (GO), na última rodada, resultado que tirou o time da zona de rebaixamento.

O técnico Vagner Mancini, do time mineiro, espera que seus atletas entrem com o espírito da vitória do Botafogo no duelo deste domingo. "Nós temos que nos recuperar no Brasileiro, e a gente enfrenta um time que está sendo difícil de ser batido. O jogo contra o Botafogo acabou, de uma maneira muito impactante, gerando muita confiança", aponta Mancini.

No Goiás, o técnico Jair Ventura terá o retorno de Maguinho, que cumpriu suspensão no último jogo. Além disso, poderá contar com o lateral Apodi e o atacante Nicolas, recuperados de lesão e que serão relacionados depois de quase um mês. Ambos não jogam desde a partida contra o Botafogo, em 6 de junho.

O zagueiro Caetano ressaltou a importância da partida. "É mais um duelo contra um concorrente que está perto de nós na tabela. Precisamos fazer um jogo seguro e inteligente para conseguir um bom resultado", explicou.

Últimas