Esportes Agüero revela que pode integrar comissão técnica da Argentina na Copa do Mundo

Agüero revela que pode integrar comissão técnica da Argentina na Copa do Mundo

O ex-atacante Sergio Agüero, que se aposentou do futebol por conta de um problema no coração aos 33 anos, pode fazer parte da comissão técnica da seleção da Argentina que vai à Copa do Mundo no Catar. Em entrevista à "Rádio 10", o argentino revelou que chegou a conversar com o técnico Lionel Scaloni e Claudio Tapia, presidente da Associação do Futebol Argentino (AFA), sobre a possibilidade de ser integrado ao corpo técnico da equipe.

Embora Agüero fale em tom de confirmação, o argentino comentou que irá ao Mundial ao menos como torcedor caso o projeto não se concretize. "Irei ao Mundial do Qatar. Quero estar lá. A ideia é que eu faça parte do corpo técnico. Falei com Scaloni e também com Chigui Tapia (presidente da AFA)", disse o ex-jogador de Manchester City e Barcelona." Se não for com a seleção, irei e estarei com os meninos. Mas irei um pouco para motivá-los", completou.

Seja como membro da comissão ou como mero espectador, Agüero terá a chance de participar de um mundial diretamente de maneira "livre", como ele mesmo definiu, pela primeira vez. "Uma coisa é se você está jogando, porque precisa estar 100% concentrado. Fui ao Mundial como jogador, mas nunca para me divertir com minha esposa ou amigos. Então, penso também em ir livre", comentou na entrevista.

Com a camisa da Argentina, o ex-jogador de Manchester City e Barcelona participou de três Copas do Mundo (2010, 2014 e 2018), disputou 12 partidas e marcou dois gols. Pela seleção profissional, ele balançou as redes 41 vezes nos 101 jogos feitos pela equipe.

A Argentina já assegurou vaga para a Copa do Mundo. Em 2º lugar nas Eliminatórias Sul-Americanas, a seleção albiceleste soma 35 pontos e não pode mais ser ultrapassada por nenhuma outra equipe, já que restam apenas duas rodadas para o encerramento das classificatórias - o Equador, em 3º, está com 25 pontos e a Argentina ainda tem um jogo a menos. Na próxima rodada, a equipe de Scaloni enfrenta a Venezuela, no dia 24 de março.

Últimas