Afetada pelo coronavírus, Liga dos Campeões define dois classificados nesta terça

Afetada pela disseminação do coronavírus na Europa, a Liga dos Campeões vai conhecer nesta terça-feira os dois primeiros classificados às quartas de final. Valencia e Tottenham buscam reverter desvantagem considerável contra Atalanta e RB Leipzig, respectivamente.

A partida entre Valencia e Atalanta será com os portões fechados no estádio Mestalla, às 17h. As autoridades espanholas recomendaram restrições aos jogos envolvendo equipes de regiões da Itália com alto número de casos do Covid-19 e, por isso, determinou que o confronto fosse com o estádio vazio.

"Não entendo como posso atravessar Valência, com milhares de pessoas, como posso buscar um membro da família no aeroporto onde chegam centenas de voos de metade do mundo e, no entanto, nós não podemos jogar o jogo mais importante da temporada diante do nosso torcedor", afirmou Daniel Parejo, meio-campista do Valencia. "Sou o primeiro que está preocupado com esta crise e também sou o primeiro a ficar indignado quando as medidas adotadas não são consistentes."

Os espanhóis perderam por 4 a 1 na partida de ida, em Milão, e terão de vencer por 3 a 0 para avançarem. Se devolverem o placar, o classificado será conhecido na prorrogação e, posteriomente, nos pênaltis. Os italianos podem até perder por dois gols para irem às quartas de final pela primeira vez na história.

"É uma desvantagem importante, mas vivi noites incríveis com resultados piores, como contra o Basel", relembrou Parejo, citando o confronto pelas quartas de final da Liga Europa da temporada 2013-2014. Naquela oportunidade, após perder por 3 a 0 na ida, na Suíça, o Valencia fez 5 a 0 jogando no Mestalla.

O jogo entre RB Leipzig e Tottenham também correu o risco de ser disputado com os portões fechados na Red Bull Arena. O ministro da Saúde da Alemanha, Jens Spahn, recomendou que os organizadores considerem adiar os eventos previstos para atrair mais de mil pessoas, mas o porta-voz do governo da cidade de Leipzig, Matthias Hasberg, disse que o jogo pela Liga dos Campeões terá torcida.

O time alemão defende uma vantagem de 1 a 0 construída na Inglaterra para se classificar. "Vamos precisar dos nossos torcedores para nos empurrar. O Tottenham ainda é um bom time com muitos jogadores bons. Eles são perigosos com seus contra-ataques. Eles têm um plano claro", afirmou o técnico Julian Nagelsmann.

Apesar da vantagem, o RB Leipzig não vive bom momento e venceu apenas três dos últimos nove jogos, com quatro empates e duas derrotas. "Vou tentar encontrar boas palavras, mas qualquer jogador que vai enfrentar o Tottenham por uma vaga nas quartas de final que não esteja pronto para dar tudo, não é o jogador certo", disse o treinador do time alemão.

Já o Tottenham está cinco jogos sem vencer e o técnico José Mourinho já está sendo questionado. "Estamos em um momento ruim, mas nós já demonstramos que temos personalidade em outros momentos. Acho que podemos reverter esta situação", afirmou Dele Alli.

O time inglês, que precisa vencer para se classificar, continua sem os atacantes Harry Kane e Son Heung-min e perdeu o holandês Steven Bergwijn para este jogo. Ele sofreu uma entorse no tornozelo esquerdo no sábado, no empate com o Burnley fora de casa, pelo Campeonato Inglês.