Esportes Abel Ferreira diz que Palmeiras procura jogadores com 'qualidade e ambição'

Abel Ferreira diz que Palmeiras procura jogadores com 'qualidade e ambição'

Pergunta frequente nas coletivas do Palmeiras, a possibilidade de Abel Ferreira assumir a seleção brasileira foi mais uma vez abordada na entrevista do treinador depois da vitória sobre o Botafogo em Ribeirão Preto. Ele, de novo, repetiu o discurso de que está feliz no clube paulista e quer continuar.

"Não falo em 'se'. Meu foco é aqui, no Palmeiras", enfatizou. "É aqui que eu gosto de estar, é aqui que eu quero estar, que me sinto bem e que quero continuar ganhando com meus jogadores". Abel afirmou que conquistou respeito pelas suas atitudes e, no futebol, pelos resultados.

Em todas as vezes em que respondeu sobre a possibilidade de dirigir a seleção brasileira, Abel manteve uma mesma postura. Primeiro, disse que era muito novo para treinar uma seleção, depois afirmou que não tem "intenção nenhuma" de ser técnico do Brasil. Perto do fim do Brasileirão, argumentou que só sairia do Palmeiras se o clube lhe mandasse embora e que estava feliz no atual campeão nacional. Agora, foi enfático ao dizer que quer ficar e manter o clube na rota de títulos.

O perfil buscado pela CBF para suceder Tite é de alguém vencedor e que tenha identidade com o futebol nacional. Abel se encaixa nessa ideia, mas, segundo apurou o Estadão, não é o primeiro da lista. Outros estrangeiros como o italiano Carlo Ancelotti, multicampeão no futebol europeu, encabeçam a relação dos preferidos. A CBF trabalha para anunciar o novo comandante até, no máximo, o começo de fevereiro.

Abel também falou também sobre a dificuldade de manter o nível das últimas temporadas. Sob o seu comando, o Palmeiras ganhou seis títulos. Em 2023, o time, ainda que não tenha sido derrotado, começou com apresentações ruins e tem problemas para se reestruturar depois das saídas de Gustavo Scarpa e Danilo.

"Ganhamos no primeiro ano, no segundo, e neste ano não sei se vamos fazer tudo novo para continuar a ganhar. Começamos tudo do zero, de novo", ressaltou Abel.

A necessidade de reforços foi objeto de comentários do treinador. Ele negou que tenha vetado a contratação de "medalhões", atletas rodados e conhecidos no futebol mundial. O que importa, jovem ou veterano, é que tenha qualidade, argumentou o português.

"O perfil que o Palmeiras procura é de jogadores de qualidade. Qualidade e ambição", avisou. "Sei que o clube está se esforçando para trazer jogadores de qualidade. Nós queremos qualidade. Se tem 20, 30, 40 (anos), se tem muitas medalhas ou não... Queremos qualidade. Isso é que conta. Jogadores com qualidade e que queiram vir", exclamou, reforçando que a diretoria precisa repor as saídas de Scarpa e Danilo. Matheus Henrique é, no momento, o principal alvo do clube para o meio de campo.

O próximo desafio do Palmeiras, integrante do Grupo D do Campeonato Paulista, no qual soma quatro pontos, é o São Paulo. O Choque-Rei, primeiro clássico do Estadual em 2023, será disputado no domingo, às 16h, no Allianz Parque.

Últimas