Esportes Abel diz que revés na Libertadores não gera lições para final do Paulista

Abel diz que revés na Libertadores não gera lições para final do Paulista

Na avaliação de Abel Ferreira, a derrota por 4 a 3 para o Defensa y Justicia no Allianz Parque não gerou lições para as finais do Campeonato Paulista. O técnico português rechaçou qualquer tipo de comparação entre a Libertadores e o torneio estadual e o time argentino e o São Paulo, rival do Palmeiras na decisão.

O técnico foi questionado se haveria algum aprendizado a se tirar do revés para o Defensa y Justicia por duas razões: o fato de o Palmeiras ter cometido muitas falhas defensivas no jogo e porque o técnico Hernán Crespo, hoje no São Paulo, antecedeu Sebastian Beccacece no comando do time argentino. No entanto, as comparações, no entendimento de Abel, não são pertinentes.

"São competições completamente diferentes. Cada jogo tem sua história. Não há comparação possível, na minha opinião. O futebol é mágico porque toda gente tem opinião e está certo, cada um tem a sua. Mas não podemos comparar Paulista com Libertadores, Defensa y Justicia com Palmeiras ou São Paulo. Não sou dono da palavra, tenho a minha opinião, são jogos completamente diferentes", argumentou.

O português rodou o elenco e preservou no jogo da Libertadores os titulares que enfrentaram o Corinthians no último domingo para estarem descansados para as finais do Campeonato Paulista, estratégia que Crespo também utilizou no São Paulo, que acabou derrotado pelo Racing por 1 a 0.

Palmeiras e São Paulo começam a decidir o Estadual nesta quinta, às 22h, no Allianz Parque. O campeão será definido no duelo do domingo, às 16h, no Morumbi. O time alviverde defende o título, enquanto que a equipe tricolor não conquista o torneio desde 2005.

Do time titular que vem atuando nesta temporada, o único desfalque palmeirense no clássico é o lateral-direito Marcos Rocha, fora por conta de uma lesão na coxa esquerda. Zé Rafael, que atuou e inclusive balançou as redes contra o Defensa, está suspenso por ter sido expulso diante do Corinthians e não estará entre os reservas.

Últimas