Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Veja por onde andam os finalistas do São Paulo da Copa do Brasil de 2000 

Treinador, presidente de clube e até apresentador de podcast, veja o que aconteceu com cada um dos jogadores após 23 anos

Futebol|Do Live Futebol BR

Raí em partida pelo São Paulo
Raí em partida pelo São Paulo Raí em partida pelo São Paulo

Após 23 anos, o São Paulo voltou a disputar uma final de Copa do Brasil, e agora está mais próximo de conquistar um título inédito, visto que venceu o jogo de ida diante do Flamengo por 1 a 0.

Compartilhe esta notícia no Whatsapp

Compartilhe esta notícia no Telegram

No próximo domingo (24), o Tricolor contará com o apoio de sua torcida para buscar o troféu que falta na galeria e tentar apagar a frustração do título perdido em 2000.

Publicidade

A primeira e única vez que o clube disputou uma decisão do torneio foi justamente no ano 2000, quando foi derrotado para o Cruzeiro na grande decisão e amargou o vice-campeonato.

Leia também

Sob o comando de Levir Culpi, o São Paulo foi escalado com a seguinte formação: “Rogério Ceni; Belleti, Edmílson, Rogério Pinheiro e Fabio Aurélio; Alexandre, Maldonado, Raí e Marcelinho Paraíba; França e Edu”, e também contou com Carlos Miguel, Fabiano e Axel, que entraram no decorrer do segundo tempo.

Publicidade

Após 23 anos, cada jogador daquela decisão tomou rumos diferentes. A maioria seguiu envolvida diretamente no futebol, enquanto outros atletas seguiram caminhos distintos. Veja por onde andam os finalistas da Copa do Brasil de 2000.

Rogério Ceni

Publicidade

Aposentado em 2015, o goleiro se tornou treinador de futebol. Com passagens pelo Flamengo, Fortaleza e o próprio São Paulo, hoje Ceni está no comando do Bahia e segue ativamente no mundo do futebol.

Beletti

Lateral direito do São Paulo, o ex-jogador segue atuando no futebol, mas agora como assistente técnico nas categorias de base do Barcelona, além de possuir diversas escolinhas de futebol espalhadas pelo Brasil.

Edmílson

Aposentado dos gramados em 2011, o ex-zagueiro é sócio e presidente do SKA Brasil.

Rogério Pinheiro

Após deixar os gramados em 2008, o ex-defensor fez cursos para se tornar técnico de futebol, no entanto não obteve sucesso, e hoje atua como agente de jogadores.

Fábio Aurélio

Assim como Rogério Pinheiro, o lateral esquerdo atua como agente de jogadores e com isso cuida da carreira de outros profissionais da bola.

Alexandre

Aposentado em 2015, o ex-volante segue atuando como jogador de futebol, mas agora no time das lendas do São Paulo. Além disso, é funcionário do empresário Wagner Ribeiro.

Maldonado

O chileno também deixou os gramados em 2015 e hoje trabalha com Maurício Barbieri. Anteriormente, o ex-jogador foi auxiliar do treinador no Bragantino e também no Vasco. Hoje está sem clube.

Raí

Aposentado semanas após a grande final, o meia foi executivo do São Paulo entre 2017 e 2021. Além disso, cuida da fundação ‘Gol de Letra’, é um dos sócios do ‘Paris FC’, e é empresário no ramo de restaurantes e cinemas na Capital Paulista.

Marcelinho Paraíba

O jogador se aposentou em 2020 do futebol profissional, no entanto seguiu atuando na várzea. Além disso, também atua como técnico, colecionando passagens por times da Paraíba.

Edu

Longe dos gramados desde 2012, Edu atua como agente de jogadores e trabalha na mesma agência de Fábio Aurélio.

França

Ainda que atue no ramo de futebol, França está longe dos gramados. Atualmente, o atacante é influencer digital e usa a internet para falar sobre o esporte. Nas redes sociais, o ex-atacante divulga seu dia a dia e faz vídeos bem humorados sobre futebol e sobre o São Paulo.

Axel

Assim como outros companheiros, o jogador se tornou técnico de futebol. Atualmente está no comando do São Caetano.

Fabiano

Aposentado desde 2013, o ex-jogador também virou agente de jogadores e treinadores. Genro de Vanderlei Luxemburgo, Fabiano tem como um de seus clientes o próprio sogro.

Carlos Miguel

Também segue atuando no futebol e atualmente é auxiliar técnico da equipe sub-20 do Grêmio de Porto Alegre.

Levir Culpi

Treinador do São Paulo naquela decisão, o técnico seguiu comandando equipes até 2021, quando se aposentou. Atualmente apresenta um podcast sobre futebol na internet.

Dia de final! Confira as melhores fotos do confronto entre Flamengo e São Paulo

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.