Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Messi perde pênalti, mas Argentina vence com gols de jovens jogadores e avança para pegar Austrália 

Mac Allister e Julian Alvarez fizeram os gols da vitória por 2 a 0 sobre a Polônia nesta quarta-feira, no estádio 974, em Doha

Copa do Mundo|André Avelar, do R7, em Doha, no Catar

Szczesny saiu mal e acertou a mão no rosto de Messi ainda no 1º tempo de Polônia X Argentina
Szczesny saiu mal e acertou a mão no rosto de Messi ainda no 1º tempo de Polônia X Argentina Szczesny saiu mal e acertou a mão no rosto de Messi ainda no 1º tempo de Polônia X Argentina

“Unidos pelo mesmo sonho”. Essa era mensagem que uma faixa da torcida da Argentina mostrava nesta quarta-feira (30) nas arquibancadas do estádio 974, em Doha, no Catar. Na imagem, Diego Maradona estava com a Copa do Mundo nas mãos, e Lionel Messi apenas observa. Messi perdeu um pênalti, mas a Argentina venceu a Polônia, por 2 a 0, com gols de jovens jogadores, e está classificada para as oitavas de final.

O resultado pôs a Argentina contra a Austrália, no Ahmad Bin Ali, no sábado (3); e a própria Polônia diante da França, no Al Thumama, no dia seguinte, na próxima fase da Copa do Mundo.

Confrontos das oitavas de final da Copa do Mundo

Sábado (3/12) — Ahmad Bin Ali: Argentina X Austrália

Domingo (4/12) — Al Thumama: França X Polônia

Continua após a publicidade

Leia também

Messi X Lewandowski, não. Messi X Szczesny

Messi já havia chutado duas bolas com perigo ao gol de Szczesny. O duelo ficou ainda melhor quando, aos 36 minutos do primeiro tempo, o goleiro saiu do gol e deixou a mão no rosto do camisa 10. Dois minutos de VAR, pressão dos argentinos, e o árbitro Danny Makkelie marcou o pênalti. Na cobrança, Messi chutou cruzado, e o gigante polonês defendeu a meia altura — foi a segunda defesa de pênalti dele na Copa, já que havia pegado contra a Arábia Saudita.

Imediatamente após o lance perdido, a torcida albiceleste despejou todo o repertório de músicas para tentar levantar o astral do craque. Ainda assim, era claro o abatimento dos fãs nas arquibancadas do estádio feito de contêineres e, principalmente, da grande estrela da equipe em campo. Pelo lado do ataque polonês, o atacante Robert Lewandowski esteve isolado na frente. Pior ainda, a equipe terminou a primeira metade sem nem sequer chutar a gol.

Continua após a publicidade
Torcedores vestiram camisetas e levaram faixas com as imagens de Messi e Maradona
Torcedores vestiram camisetas e levaram faixas com as imagens de Messi e Maradona Torcedores vestiram camisetas e levaram faixas com as imagens de Messi e Maradona

La Scaloneta, como é conhecido o time de Lionel Scaloni, voltou para o intervalo disposto a resolver a partida de uma vez. Tanto que, com menos de um minuto de jogo, Molina cruzou para área e o volante Mac Allister, de 23 anos, chutou prensando, o suficiente para tirar qualquer chance do goleiro. A cantoria hermana tinha só recomeçado no estádio com 44.089 pessoas presentes.

Com o gol marcado, a bicampeão mundial estava pronta para jogar o futebol do jeito de que mais gosta. E, desta vez, com bons jovens em campo. Enzo Fernandez, de 21 anos, uma novidade na escalação titular, deu um lindo passe para Julian Alvarez (22) proteger dos zagueiros e ampliar o placar, aos 22 minutos da segunda etapa.

Continua após a publicidade

A Argentina, depois da decepção na derrota na estreia para a Arábia Saudita e da vitória sofrida contra o México, se recuperou em tempo de continuar sonhando. O para sempre time de Diego Maradona continua inspirando o de Lionel Messi a conquistar a Copa do Mundo depois de 36 anos.

Polônia X Argentina: veja as melhores fotos do jogo pela última rodada do Grupo C

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.