Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Com show de Navarro, Palmeiras atropela na Libertadores: 8 a 1

Com apenas três titulares atuando desde o início, time contou com quatro gols do centroavante para vencer o Independiente Petrolero 

Futebol|Do Live Futebol BR

Rafael Navarro, do Palmeiras, comemora um dos quatro gols contra o Independiente Petrolero
Rafael Navarro, do Palmeiras, comemora um dos quatro gols contra o Independiente Petrolero Rafael Navarro, do Palmeiras, comemora um dos quatro gols contra o Independiente Petrolero

De volta ao Allianz Parque, com público depois de dois anos, pela Libertadores, o Palmeiras precisou virar o jogo contra o Independiente Petrolero (Bolívia) na noite desta terça-feira (12), mas fez isso de maneira espetacular. Com show de Rafael Navarro, que marcou quatro gols, o Verdão venceu por 8 a 1 pela segunda rodada do Grupo A e assumiu a liderança isolada da chave.

Além dos quatro gols de Navarro, os 26.409 pagantes no Allianz comemoraram os gols de Zé Rafael, Rony e Raphael Veiga (2). Erik Correa, em passe de Cristaldo, havia aberto o placar para o time da Bolívia.

Com a vitória, o Palmeiras chega aos 6 pontos na liderança do grupo, que ainda tem Emelec (Equador) e Deportivo Táchira (Venezuela), que se enfrentam nesta quinta-feira (14) na casa dos equatorianos. Os dois times buscam a primeira vitória — o Táchira vem de derrota em casa para o Verdão por 4 a 0.

Leia também

O jogo

Publicidade

O Palmeiras começou pressionando os bolivianos e logo aos 2 minutos o atacante Wesley acertou um chute de fora da área, mas parou no goleiro adversário. No entanto, quem saiu na frente foi o Petrolero.

Aos 7', após a cobrança de lateral, o atacante Cristaldo, com passagem pelo Verdão, fez o pivô para o companheiro Correa acertar com a perna esquerda o ângulo de Weverton.

Publicidade

O time alviverde seguiu pressionando. Aos 13', o zagueiro Gustavo Gómez cabeceou escanteio de Atuesta, mas a zaga salvou em cima da linha. Em seguida, Navarro recebeu um passe de cabeça do camisa 15, mas o zagueiro Chiatti salvou o gol.

De tanto insistir, o Palmeiras empatou aos 40'. Foi quando o volante Zé Rafael pegou a sobra e chutou de fora da área, rasteiro, sem chance para o goleiro. E a virada quase veio na saída de bola, aos 42', com Breno Lopes acertando a trave e Wesley sendo bloqueado no rebote.

Publicidade

Aos 47', Wesley limpou o lateral adversário e quase fez um gol de cobertura, mas Arancibia mandou para escanteio.

Massacre no 2º tempo

Se não veio no 1º tempo, a virada chegou no começo da etapa final. Logo no primeiro minuto, Rafael Navarro anotou seu primeiro gol no estádio palmeirense depois da jogada individual de Breno Lopes, que cruzou na cabeça do centroavante.

Aos 8, Navarro aproveitou bola dividida no alto entre Gómez e a zaga adversária e fez o terceiro do Alviverde. Três minutos depois, Gabriel Veron fez uma jogada individual pelo lado direito e lançou na área, e o camisa 29 anotou um hat-trick e transformou o triunfo em goleada: 4 a 1.

Depois da larga vantagem garantida, Raphael Veiga, Rony, Danilo e Murilo entraram em campo. E o ritmo da partida não diminuiu. Havia tempo para mais.

Primeiro, novamente com Navarro. Aos 32’, depois de jogada individual de Mayke pela direita, o atacante anotou seu quarto gol no jogo e o quinto do Verdão.

Dois minutos depois, Navarro inverteu os papéis e foi garçom. O camisa 29 arrancou pelo lado direito e cruzou para Rony completar para o sexto gol.

Raphael Veiga resolveu participar da festa – e fez isso com estilo. Aos 40’, pegou de primeira, na entrada da área, um golaço: 7 a 1.

E cabia mais um. No último lance do jogo, em falta perto da grande área, Veiga cobrou com perfeição no ângulo e fechou a fácil goleada por 8 a 1 depois de um susto no início.

Próximos jogos

O Palmeiras segue sua maratona de jogos agora com duas partidas como visitante no Campeonato Brasileiro 2022. Primeiro, no sábado (16), pega o Goiás, às 16h30, no estádio da Serrinha, pela segunda rodada.

Pelo torneio sul-americano, os times só voltam a jogar nos dias 26 e 27 abril. O Verdão pega o Emelec no Equador e o Petrolero receberá o Táchira em casa.

FICHA TÉCNICA

Palmeiras 8 x 1 Independiente Petrolero (Bolívia)

Local: Allianz Parque, São Paulo

Data e hora: terça-feira (12/4), às 21h30

Árbitro: Derlis Lopez (Paraguai)

Auxiliares: Eduardo Cardozo e Julio Aranda (ambos do Paraguai)

Quarto árbitro: Eber Aquino (Paraguai)

Cartões amarelos: Nixon Folleco aos 3' 1º/T, Rioja aos 43' 1º/T e Cristaldo aos 3' 2º/T (Petrolero)

Gols: Zé Rafael aos 40' 1º/T, Navarro aos 1', 8', 11' e 32’ 2º/T; Rony aos 34’ 2º/T e Raphael Veiga aos 40’ e 45’/2ºT (Palmeiras); Correa aos 7' 1º/T (Petrolero)

PALMEIRAS: Weverton; Mayke, Gustavo Gómez (Murilo) e Kuscevic Jorge; Zé Rafael (Gabriel Menino), Atuesta (Danilo), Gabriel Veron e Wesley (Rony); Breno Lopes (Raphael Veiga) e Navarro. Técnico: João Martins (substituindo Abel Ferreira, suspenso).

INDEPENDIENTE PETROLERO (BOL): Arancibia; Velásquez, Francisco Silva, Martín Chiatti e Henry Alaca (Giménez); Nixon Folleco, Bejarano (Joel Bejarano), Mijail Avilés e Luis Acuña (Rivas); Erik Correa (Reina) e Cristaldo (Buter). Técnico: Marcelo Robledo.

Champions: Chelsea abre 3 a 0, mas cai para o Real na prorrogação; Villarrealelimina o Bayern

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.