Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Bahia goleia o RB Bragantino e respira no Brasileirão

Fora de casa, Massa Bruta levou 4 a 0, conheceu sua quarta derrota no campeonato e vê posição no G-6 ameaçada pelo Athletico-PR

Futebol|Do Live Futebol BR

Vitor Hugo comemora gol do Bahia contra o RB Bragantino
Vitor Hugo comemora gol do Bahia contra o RB Bragantino Vitor Hugo comemora gol do Bahia contra o RB Bragantino

Dois vira, quatro acaba. Assim, o Bahia venceu o RB Bragantino por 4 a 0 no Brasileirão 2023 na tarde deste domingo (20), na Arena da Fonte Nova, em Salvador, pela 20ª rodada.

 Compartilhe esta notícia no WhatsApp

 Compartilhe esta notícia no Telegram

Certeiro nas bolas paradas e contando com uma tarde inspirada de seu goleiro Marcos Felipe, o time da casa abriu boa vantagem na etapa inicial, com Rezende e Vitor Hugo, e ampliou no segundo tempo com Vinicius Mingotti e Cauly.

Publicidade

Com a derrota, o Massa Bruta estaciona nos 32 pontos e fica na sexta posição de classificação. Já o Esquadrão de Aço vai a 21 e mantém a 16ª colocação, fora da zona de rebaixamento.

O Braga agora torce por um tropeço do Athletico-PR para não terminar a rodada fora do G-6. Com um ponto a menos, o Furacão pega o Goiás fora de casa nesta segunda-feira (21) e pode ultrapassar a equipe paulista.

Publicidade

Leia também

Como foi

Empurrado pela torcida, que lotou a Arena Fonte Nova, o Bahia começou dominando e construiu uma boa vantagem no primeiro tempo, tendo a bola parada como grande trunfo. Em dois escanteios, o time da casa garantiu a vantagem parcial.

Publicidade

Primeiro, logo aos oito minutos, com Rezende. Após cobrança do tiro de canto, a defesa paulista cortou errado, e a bola sobrou no pé direito do volante, que chutou no canto para marcar: 1 a 0 Bahia.

Rezende comemora gol do Bahia na partida contra o Bragantino pelo Brasileirão
Rezende comemora gol do Bahia na partida contra o Bragantino pelo Brasileirão Rezende comemora gol do Bahia na partida contra o Bragantino pelo Brasileirão

Melhor no jogo, o Bahia ampliou aos 37’ e mais uma vez em bola parada. Cauly cobrou escanteio e Vitor Hugo subiu sozinho para cabecear: 2 a 0.

O RB Bragantino até tentou a reação, mas parou nas boas defesas do goleiro Marcos Felipe. E o prejuízo só não foi maior porque Vinicius Mingotti estava impedido quando marcou o terceiro para a equipe baiana, já aos 40’.

"Eles entraram com a torcida, e aí ficou uma diferença no jogo. A gente sempre atrasado", analisou o zagueiro Léo Ortiz na saída para o intervalo.

Lance de Bahia e RB Bragantino na Arena Fonte Nova
Lance de Bahia e RB Bragantino na Arena Fonte Nova Lance de Bahia e RB Bragantino na Arena Fonte Nova

Ortiz foi um dos que deixaram o Bragantino no intervalo. Precisando correr atrás do placar, o técnico Pedro Caixinha promoveu logo três mudanças para o segundo tempo — Aderlan e Bruninho também saíram; Andrés Hurtado, Lucas Rafael e Vitinho entraram.

Apesar das mudanças, foi o Bahia que marcou mais um. Aos 14’, Ademir puxou contra-ataque pela direita e cruzou rasteiro para Vinicius Mingotti, que só teve o trabalho de completar para a rede: 3 a 0.

Dez minutos depois, em novo contra-ataque do Tricolor Baiano, Thaciano recebeu na entrada da área e mandou uma bomba na trave de Cleiton.

Aos 30', Matheus Gonçalves ficou com a sobra dentro da área, livre de marcação, mas mandou para fora a melhor chance do RB Bragantino.

Aos 38 minutos, Cauly ampliou para o Bahia. O lance começou com Gilberto, que roubou a bola, tabelou com Everaldo e cruzou na medida para Cauly pegar de primeira: 4 a 0. 

O time paulista tentou levar perigo, mas esbarrou na marcação do Bahia, que até arriscou alguns contra-ataques, mas passou longe de ampliar. Final de jogo: 4 a 0 para o Tricolor Baiano.

Próximos jogos

No próximo domingo (dia 27), pela 21ª rodada, o Bahia encara o líder Botafogo fora de casa. A bola rola às 16h (de Brasília) no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro. No mesmo dia, só que mais cedo, às 11h, o RB Bragantino recebe o Cuiabá no Estádio Nabi Abi Chedid.

FICHA TÉCNICA:

BAHIA 4 X 0 RB BRAGANTINO

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)

Data e hora: domingo (20), às 16h (de Brasília)

Árbitro: Arthur Gomes Rabelo (ES)

Auxiliares: Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (Fifa-RJ) e Marcia Bezerra Lopes Caetano (RO)

VAR: Rodolpho Toski Marques (VAR-Fifa-PR)

Cartões amarelos: Kanu, Rezende (Bahia); Aderlan, Jadsom Silva, Andrés Hurtado, Matheus Gonçalves (RB Bragantino)

Gols: Rezende aos 8’/1°T, Vitor Hugo aos 37’/1°T, Vinicius Mingotti aos 14'/2°T e Cauly aos 38'/2°T (Bahia)

BAHIA: Marcos Felipe; Gilberto, Kanu, Vitor Hugo e Camilo Cándido (Matheus Bahia, aos 33'/2°T); Rezende (Acevedo, aos 19'/2°T), Thaciano e Cauly; Ademir (Everaldo, aos 19'/2°T), Vinicius Mingotti (Vitor Jacaré, aos 16'/2°T) e Rafael Ratão (Yago Felipe, aos 33'/2°T). Técnico: Renato Paiva

RB BRAGANTINO: Cleiton; Aderlan (Andrés Hurtado, no intervalo), Luan Patrick, Léo Ortiz (Lucas Rafael, no intervalo) e Luan Cândido; Matheus Fernandes, Jadsom Silva (Matheus Gonçalves, aos 17'/2°T) e Gustavinho; Bruninho (Vitinho, no intervalo), Thiago Borbas (Alerrandro, aos 17'/2°T) e Sorriso. Técnico: Pedro Caixinha

É festa! Veja a comemoração da Espanha, que conquista de forma inédita a Copa do Mundo

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.