Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Gol Delas
Publicidade

Kleiton Lima pede demissão do Santos após denúncias de assédio

Informação foi confirmada pelo clube nesta segunda-feira (15); decisão acontece depois de protestos de atletas no início das partidas

Gol Delas|Camila JuliottiOpens in new window

A imagem mostra o treinador do time feminino do Santos, Kleiton Lima, acusado de suposto assédio sexual
Kleiton Lima pediu demissão do Santos

Kleiton Lima não é mais técnico do time feminino do Santos. A informação foi confirmada pelo clube nesta segunda-feira (15) por meio de nota oficial. A saída do treinador acontece dias depois de diversos protestos — inclusive de times rivais por conta das denúncias de assédio envolvendo o nome dele.

“Kleiton Lima solicitou hoje afastamento do cargo de técnico das Sereias da Vila. Por se tratar de uma decisão pessoal, o Santos Futebol Clube aceitou o pedido e reiterou sua confiança de que o assunto seja definitivamente encerrado”, disse o Santos em comunicado.

Na semana passada, Kleiton Lima foi oficialmente apresentado como técnico do time feminino santista em coletiva de imprensa — esta seria a segunda passagem dele pelo clube, que deixou o comando das Sereias da Vila em setembro de 2023 justamente sob denúncias anônimas de assédio moral e sexual por parte das jogadoras.

O anúncio causou revolta nas redes sociais, não só de torcedores, como de atletas de outros times. Na apresentação, a diretoria santista se posicionou a respeito das denúncias e alegou que “nada foi provado”. Thaís Picarte, gestora das Sereias da Vila, chegou a dizer que os argumentos são “extremamente fracos, frágeis e que trouxeram uma mancha desnecessária para a história do Santos”.

Publicidade

O discurso parece não ter convencido a torcida e, em especial, as jogadoras, que decidiram apoiar as atletas santistas. Neste fim de semana, nos jogos válidos pela 5ª rodada do Brasileirão Feminino, jogadoras de Palmeiras, Corinthians, São Paulo, Botafogo, Avaí/Kindermann se manifestaram com protestos. Durante e depois da execução do hino nacional, as atletas colocaram a mão na boca, e, as que vestem a camisa 19 dos respectivos times ficaram de costas, fazendo alusão às 19 denúncias contra o treinador das Sereias da Vila.

Além das bocas tampadas com as mãos no início da partida, as Brabas voltaram a fazer o gesto na comemoração do primeiro gol contra o Santos na Vila Belmiro.

Publicidade

Nas redes sociais, o Cruzeiro divulgou um vídeo, protagonizado por grande parte do elenco feminino, reforçando a luta contra assédio e encorajando as vítimas a se manifestarem.

As manifestações corajosas das jogadoras parecem ter surtido efeito e Kleiton Lima não aguentou a pressão, deixando o comando das Sereias da Vila. Wesly Otoni é quem vai assumir interinamente o cargo de técnico.

Publicidade

Leia a nota do Santos na íntegra

Para preservar sua família, sua integridade e o próprio Santos Futebol Clube, Kleiton Lima solicitou hoje afastamento do cargo de técnico das Sereias da Vila. Por ser tratar de uma decisão pessoal, o Santos Futebol Clube aceitou o pedido e reiterou sua confiança de que o assunto seja definitivamente encerrado. Desde a sua contratação, o treinador vem sofrendo críticas e nos últimos dias até ameaças de morte em razão das acusações feitas no ano passado.

Mesmo convicto de que não cometeu nenhum dos atos pelos quais é acusado, Kleiton Lima entendeu que seu pedido de afastamento é a melhor opção para preservar todas as partes.

Wesly Otoni assumirá interinamente o cargo de técnico das Sereias da Vila.

Santos Futebol Clube


Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.