Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Payet é recebido por cerca de 5 mil torcedores do Vasco no desembarque no Rio

Dimitri Payet já sentiu o que é estar no Vasco. Anunciado na última semana, o meia francês chegou ao Rio nas primeiras horas da manhã...

|Do R7


Dimitri Payet já sentiu o que é estar no Vasco. Anunciado na última semana, o meia francês chegou ao Rio nas primeiras horas da manhã desta quarta-feira, dia 16, e foi recebido por cerca de 5 mil torcedores. O atleta vai realizar os últimos exames na manhã desta quarta e assinará vínculo de dois anos. A apresentação para os torcedores será na partida do fim de semana pelo Brasileirão, contra o Atlético-MG, no Maracanã.

Payet chegou ao Brasil por volta das 5h30 da manhã. Apesar do horário e da baixa temperatura na cidade, a torcida marcou presença na saída do Aeroporto Internacional Antônio Carlos Jobim. Cerca de 1 hora após o desembarque, o meia francês teve seu primeiro contato com os torcedores, recebeu a camisa 10 do Vasco com seu nome e foi 'abraçado' no saguão do aeroporto. Ainda não há previsão de data de estreia do jogador.

Payet estava sem clube desde o fim da última temporada europeia. Lenda do Olympique de Marselha, o francês de 36 anos não teve seu contrato renovado por não aceitar a proposta da equipe para ser um novo integrante da comissão técnica. De acordo com ele, em sua entrevista de despedida da equipe, ainda gostaria de jogar por alguns anos antes de seguir para a parte técnica fora de campo.

A busca do Vasco por um camisa 10 chegou ao fim, entende o torcedor. Lutando contra o rebaixamento em seu retorno para a elite do Brasileirão, o clube carioca tentava encontrar um meia desde o começo da temporada. A chegada de Payet, mesmo com 36 anos, é vista pela diretoria como a solução para essa questão.

Payet fez história no Olympique de Marselha. Atuando pela equipe por oito temporadas, o meia é considerado por muitos como o maior jogador da história do clube francês. Além da equipe, o jogador passou por Nantes, Lille e West Ham. Pela seleção francesa, fez 38 jogos e participou da Eurocopa de 2016. Não teve custos para o Vasco porque ele estava sem contrato.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.