Esportes Palmeiras joga em Limeira para se manter como único invicto do Paulistão

Palmeiras joga em Limeira para se manter como único invicto do Paulistão

Em meio à longa busca por um camisa 9 e pressionado pela torcida para trazer o tão desejado centroavante, o Palmeiras tem compromisso pela nona rodada do Campeonato Paulista neste domingo. O objetivo diante da Inter de Limeira, às 16h, no Major Levy Sobrinho, é vencer a sexta partida e se manter como a única equipe invicta no torneio estadual.

O Palmeiras ostenta a melhor campanha geral da fase de grupos, com 88,9% de aproveitamento. Isso com dois jogos a menos que seus rivais. O time de Abel Ferreira soma 16 pontos, com cinco vitórias e um empate em seis partidas.

É provável que a partida no interior paulista seja mais uma oportunidade para reservas mostrarem serviço, já que a prioridade no momento é levantar a taça da Recopa Sul-Americana e o duelo contra o Athletico-PR, que definirá o campeão, será na próxima quarta, no Allianz Parque.

Abel Ferreira deve dar chances a atletas pouco utilizados, assim como fez em Araraquara no duelo com a Ferroviária. Como o elenco apresenta baixas importantes, é possível que o técnico português escale um ou outro titular, especialmente na zaga, setor mais desfalcado. O jovem Renan deve ganhar uma oportunidade. No meio, Patrick de Paula quer jogar para retomar o bom futebol.

Os desfalques são os mesmos: os zagueiros Luan e Gómez e os meio-campistas Gabriel Menino e Gustavo Scarpa. Luan se recupera de uma lesão na coxa esquerda, Gómez continua em isolamento após contrair a covid-19, Scarpa trata um estiramento no joelho esquerdo e Menino sofreu entorse no tornozelo direito.

Titular na ausência dos companheiros defensivos, o zagueiro Kuscevic destacou a importância e a dificuldade de jogar o Paulistão e disse que o Palmeiras precisa seguir jogando como se cada partida fosse uma final.

"Sempre falo com meus companheiros que o Brasil tem muitos bons jogadores. Os times do Paulista jogam muito bem, são muito fortes em casa, todos os jogos são difíceis. A única forma que temos de igualar essa intensidade é tratando cada jogo como uma final. É um campeonato importante, com rivais diretos também querendo ganhar", falou o chileno.

A Inter de Limeira enfrenta o Palmeiras para se reabilitar no Paulistão e tenta se afastar da zona de rebaixamento. Mesmo com a campanha irregular, tem chances na luta pela classificação no Grupo A,

Recuperado de um desconforto muscular, o goleiro Lucas Frigeri deve assumir a titularidade no lugar de Rafael Pin, que volta a ficar como opção. No meio de campo, o experiente Renato Cajá, que vem se destacando nos treinos, é outro cotado para iniciar entre os 11.

Existem ainda algumas dúvidas no setor ofensivo. A expectativa é que o técnico mande a campo a dupla formada por Geovane e Ronaldo Silva, mas o primeiro ainda briga por posição com Osman. A decisão ficará para antes da bola rolar.

"É muito difícil o jogo contra o Palmeiras. Acho que nossa maior dificuldade foi lá em Bragança, mas todos os outros jogos a gente viu que tem possibilidade de vitória. A gente tem que acreditar, fizemos um trabalho bem direcionado essa semana para sair dessa situação incômoda que eu confesso que todos no vestiário estão sentindo, jogadores se cobrando, mas só nós mesmos podemos trabalhar para sair", resumiu o treinador.

A Inter de Limeira vem de quatro tropeços consecutivos no Campeonato Paulista e ocupa a última posição do Grupo A, com sete pontos. Ao mesmo tempo em que luta contra o rebaixamento, sonha em se classificar às quartas de final.

Últimas