Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Sabre feminino do Brasil domina o Pan de Paraesgrima

Sabristas do Brasil são ouro do Pan-Americano de Paraesgrima, com direito a final 100% brasileira. Time masculino também foi campeão...

Olimpíada Todo Dia

Olimpíada Todo Dia|Do R7

O Brasil foi dominante no sabre feminino do Campeonato Pan-Americano de Paraesgrima. A competição começou nesta quinta-feira (16), nas pistas do Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro (CPB), em São Paulo. Nas chaves A e B da arma, o país contou com representantes no lugar mais alto do pódio, com direito a final brasileira na A. Além disso, o time masculino também levou o ouro e ainda faturou mais três medalhas.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBETWITTERINSTAGRAMTIK TOK E FACEBOOK

Na chave A do sabre feminino, o Brasil dominou e terminou com todas as medalhas do pódio. Rayssa Veras e Fabiana Soares fizeram a decisão em que a primeira levou a melhor com 15 a 10 no placar. Além disso, Carminha Oliveira também perdeu na semifinal para Veras e terminou bronze. 

No sabre B feminino, Mônica Santos também subiu ao pódio. Ela conquistou a medalha de prata. Na decisão da arma contra a canadense Trinity Lowthian, a brasileira acabou superada por 15 a 6. A venezuelana Francia Rojas e a costarriquenha Kseniia Ovsiannikova levaram os bronzes.

Sabre masculino

Publicidade

Além do feminino, a equipe masculina do sabre também se sagrou campeã do Campeonato Pan-Americano de Paraesgrima. Para subir ao lugar mais alto do pódio, o time brasileiro derrotou os Estados Unidos na decisão.

O trio campeão do sabre foi formado por Alex Sandro Souza, Kevin Damasceno e Vanderson Chaves. Eles só precisaram vencer dois jogos para conquistar a medalha de ouro. Na estreia, semifinal, passaram fácil pela Venezuela com o placar de 45 a 12. Contra os norte-americanos, o duelo teve bastante equilíbrio. Os rivais chegaram a ter 39 a 40 após a penúltima partida, mas Damasceno fez 6 a 0 em Willian Schoonover e decretou o título brasileiro em 45 a 40.

Os rapazes também competiram no individual do Pan-Americano de Paraesgrima e também conquistaram medalhas. No sabre A masculino, Kevin Damasceno e Alex Sandro Souza levaram o bronze após perderem a semifinal para o argentino Carlos Freitas e o canadense Ryan Rousell. No sabre B, Vanderson Chaves ficou com o vice-campeonato após ser superado pelo norte-americano Noah Hanssen na decisão.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.